Tim, cantor e baixista dos Xutos & Pontapés, plantou uma árvore, na tarde do passado sábado, no Parque da Cidade da Mealhada, numa ação promovida pela Câmara Municipal local que visa reflorestar aquele espaço público com cerca de 14 hectares de área dedicadas ao lazer, à contemplação e à prática desportiva.

«Após ter plantado uma faia (Fagus selvática), o artista não poupou elogios à imponência e importância do espaço e saudou a iniciativa do executivo de Rui Marqueiro de apostar na requalificação da floresta. Recorde-se, a propósito, que Tim é licenciado em Engenharia Agronómica, na especialidade de Melhoramentos Rurais», lê-se numa nota municipal, que acrescenta que «depois de entregar ao cantor e baixista dos Xutos & Pontapés um certificado de plantação, com as coordenadas GPS da “sua” árvore, o presidente da Câmara da Mealhada agradeceu a Tim o facto de ser a primeira pública a deixar a sua “marca” no Parque da Cidade e explicou ao músico que o objetivo, com este seu gesto simbólico, é o de sensibilizar a população para a importância de preservar este espaço verde, que resultou da reconversão dos antigos viveiros florestais, mas também o de cuidar da floresta pública portuguesa».

 

Sobre o Parque da Cidade da Mealhada

O Parque Cidade da Mealhada resultado da reconversão dos antigos Viveiros da Mealhada, situados à margem da ex-EN1 (atual IC2), no cruzamento para o Luso – está aberto ao público desde 12 de setembro de 2009.

«O novo parque urbano, destinado à prática da atividade física, ao lazer e à ocupação dos tempos livres, ocupa uma área de 14 hectares aproximadamente, tendo representado um investimento da ordem dos 1,8 milhão de euros», lê-se ainda no documento, remetido pela Autarquia, que acredita que «o espaço verde por excelência, o Parque Cidade da Mealhada oferece vários equipamentos destinados à prática desportiva e ao lazer, mas também equipamentos de apoio, nomeadamente restaurante e cafetaria».