Um homem, de setenta e quatro anos, faleceu, na manhã desta quarta-feira, 20 de junho, na Mealhada, depois de ter ficado debaixo da própria viatura, nas imediações de sua casa, na Rua das Cavadas, numa via junto ao Itinerário Complementar 2.

O alerta foi dado para os Bombeiros Voluntários da Mealhada às 11h 21m, tudo indica que por uma familiar. Para o local ocorreram seis operacionais da corporação com uma ambulância e um veículo de desencarceramento.

“A viatura estava parada no terraço, nas imediações da casa, e, por razões ainda por apurar, o senhor terá ido junto dela, tendo acabado por ficar debaixo do veículo”, disse, ao «Bairrada Informação», José Duarte, 2.º Comandante dos Bombeiros da Mealhada, acrescentando que “chegados ao local, a vítima se encontrava em paragem cardiorespiratória”.

“Procedemos ao desencarceramento da viatura, mas o óbito acabou por ser confirmado ainda no local”, garantiu a mesma fonte.

Na ocorrência esteve também uma patrulha da Guarda Nacional Republicana da Mealhada. Ao nosso jornal, o Capitão Cláudio Lopes, comandante do Destacamento Territorial de Anadia da GNR, confirmou “o acidente doméstico”, adiantando que “o carro estaria destravado ou desengatado, tendo a vítima sido atropelada dentro das imediações da habitação”.

No local esteve também uma Viatura Médica de Emergência e Reabilitação, que fez o transporte da vítima para o Instituto de Medicina Legal.

 

MSL