“Tirando o 10 de junho de 2014 (em que houve um direto de um programa televisivo) e o sábado passado (com a atuação de Matias Damásio), o dia melhor para a Tasquinha dos Bombeiros da Mealhada, na FESTAME – Feira do Município da Mealhada, foi o da atuação de Diogo Piçarra”. Palavras de Nuno Canilho, vereador na Câmara da Mealhada, em resposta a Hugo Silva, da coligação “Juntos pelo Concelho da Mealhada”, que lamentou que o evento “não tenha correspondido às expectativas”.

“Felicito a organização da FESTAME pelo último e penúltimo dias do certame, pese embora os restantes dias não terem correspondido às expectativas”, referiu Hugo Silva, acrescentando que, na sua opinião, “o modelo (do certame) não é o melhor”.

Em resposta, Nuno Canilho declarou ser “redutor resumir-se o evento a apenas dois dias, onde os três primeiros dias foram de chuva”. “É um evento gratuito, sem entradas, onde a única coisa que podemos aferir é o volume de negócio das Tasquinhas, onde dada a minha responsabilidade nos Bombeiros da Mealhada, posso garantir que tirando o 10 de junho de 2014, onde a receita ascendeu os três mil euros, e o passado sábado, o dia com mais pessoas foi o do concerto de Diogo Piçarra”, disse o vereador, garantindo que “a chuva fez com que não tivesse sido um dia espetacular, mas muito bom!”.

 

Imagem da noite de sexta-feira, 15 de junho, com Rouxino Faduncho e Cuca Roseta