O Trilho das Levadas, em Valongo do Vouga, foi reaberto ao público, no passado domingo, numa iniciativa que levou um grupo de entusiastas a fazer o percurso de cerca de onze quilómetros, por entre os campos de cultivo e as levadas da freguesia.

“Estamos hoje aqui a reabrir este percurso, que foi alterado e renovado, depois do incêndio de 2016, passando agora a ter início no Parque da Boiça, que se tornou um ex-libris do concelho”, disse Jorge Almeida, presidente da Câmara de Águeda, realçando que para que este processo fosse concluído com sucesso “foi essencial o trabalho realizado em estreita parceria e colaboração com a Junta de Freguesia (JF) de Valongo do Vouga”.

«Este percurso tem já dez anos, mas foi “fortemente penalizado” pelo referido incêndio, pelo que foi necessário proceder à reformulação do traçado, bem como à colocação de nova sinalética, tendo a JF e a Câmara de Águeda aproveitado a oportunidade para o fazer iniciar e acabar no também renovado Parque da Boiça», lê-se num comunicado de imprensa da Autarquia.

Para o presidente da Câmara de Águeda, colocar o trilho neste local insere-se neste tipo de estratégia, sendo “mais um motivo de interesse para que as pessoas possam vir até esta zona”, onde se pode desfrutar, em simultâneo, de vários atrativos. Jorge Almeida lembrou que o Parque da Boiça começou com uma obra do Orçamento Participativo (OP), a que se juntou, depois, a recuperação da Ribeira da Aguieira, e mais tarde a renovação do parque. Neste espaço foi colocada a casa do Águeda Concept, onde vai ficar instalado um centro interpretativo, “uma verdadeira casa dos rios da nossa região, onde muitas pessoas se deslocarão para aprender”.

“Também a ribeira ficou transformada num verdadeiro laboratório de rios, em cuja reabilitação foram implementadas várias técnicas de engenharia natural. E o que não era minimamente apelativo, tornou-se num sítio que muitas pessoas passaram a visitar e a usufruir, sobretudo em tempos de lazer”, reforçou Jorge Almeida, frisando que “é assim que se constrói o futuro”.

Filipe Falcão, presidente da Junta de Freguesia de Valongo do Vouga, realçou a beleza do percurso do renovado Trilho das Levadas, convidando as pessoas a fazerem o trajeto. “Quisemos não só alargar o percurso, com a renovação realizada no seguimento do incêndio de 2016, como torná-lo mais abrangente e ser um ponto central de atração da freguesia”, declarou o autarca, sublinhando que grande parte do traçado do trilho ocorre junto às levadas o que, reitera, é um ponto de interesse turístico. “Valongo do Vouga começa a estar no topo dos principais atrativos do concelho, cativando em áreas tão relevantes como o ambiente”, destacou.

Acresce que iniciar e terminar no Parque da Boiça, que “congrega hoje uma multifuncionalidade muito grande”, permite desfrutar de Valongo do Vouga “numa perspetiva mais abrangente”.

«Refira-se que o PR2 – Trilho das Levadas é um dos percursos pedestres que integra a rede de trilhos do Município de Águeda, que pode ser acompanhado na aplicação “Walkinágueda”, disponível para download nas plataformas Google Play e App Store. Ao longo de cerca de 11 quilómetros, o pedestrianista tem a oportunidade de descobrir um espaço natural e paisagístico singular, desvendando os açudes e levadas ao longo do Rio Marnel (afluente do Rio Vouga) que no passado conduziam a água até aos moinhos, mas também campos agrícolas onde os cereais eram/são cultivados», refere a Autarquia, concluindo que «este trilho permite, ainda, mostrar um pouco do património da freguesia e os costumes da sua população».