20-20-20 podiam ser as três parcelas da soma que equivale aos 60 anos de Tim em 2020. E são-no também. Mas são sobretudo a memória que Tim vai buscar lá atrás, a uma marca de tabaco sem filtro, que nem era a da sua predileção, mas que lhe ficou gravada pela crueza e pela simplicidade da imagem e da mensagem que carregava consigo: 20 cigarros, 20 gramas, 20 centavos. “Era aquilo e mais nada”, recorda Tim. E foi nesse tabaco, nessa memória passada, que o músico dos Xutos & Pontapés se inspirou quando pôs em marcha o projeto do seu novo álbum em nome próprio.

No álbum participam Moz Carrapa, na guitarra; Nuno Espírito Santo, no baixo; e ainda, nas teclas e bateria, Vicente e Sebastião Santos, filhos do músico.

É este o novo disco que Tim vai apresentar, com a sua banda, no palco do Cineteatro Messias, na Mealhada, a 15 de maio, às 20h45.

O espetáculo destina-se a maiores de 12 anos e as reservas devem ser feitas através do correio eletrónico teatromessias@cm-mealhada.pt.