Quatro caixões, novos, foram encontrados numa ravina no Moinho do Pisco, em Avelãs de Cima, no concelho de Anadia. O alerta foi dado por um munícipe ao presidente da Junta de Freguesia, ao final da tarde do passado domingo, e a GNR, até esta segunda-feira, não tinha informações adicionais, uma vez que não há registo de qualquer participação de furto do material encontrado. Os caixões já foram retirados do local.

«Ontem (domingo), enquanto decorria o ato eleitoral fui alertado por um munícipe de que tinha avistado quatro caixões numa ravina do Moinho do Pisco», começou por dizer, ao nosso jornal, Manuel Veiga, presidente da Junta de Avelãs de Cima, explicando que o anoitecer do dia 24 já não deixava ver nada, mas que ao início da manhã de ontem, «junto com um funcionário da Junta» se deslocou ao local.

«A ravina é alta, mas efetivamente estavam lá quatro caixões, novos, três ainda embrulhados em plástico», disse o autarca, explicando que a ravina se situa na estrada 336 que liga Boialvo a Mortágua. «Dei logo o alerta às autoridades», afirmou, garantindo ainda que «os caixões foram retirados, a meio da tarde, com ordens expressas da GNR, por funcionários da Junta e da Câmara Municipal, tendo como destino os estaleiros».

Ao nosso jornal, o Capitão Cláudio Lopes, do Destacamento Territorial de Anadia da GNR, confirmou o aparecimento de «quatro caixões novos, sem nada no seu interior, não havendo qualquer indício da sua proveniência». «Em princípio não estaremos perante um furto, uma vez que não há qualquer informação de participação de desaparecimento deste material», sublinha.

 

 

Texto Mónica Sofia Lopes

Imagem com Direitos Reservados