O contrato da empreitada do “Loteamento Municipal do Parque Empresarial do Casarão – Fase 2” foi assinado, na quinta-feira passada, pela Câmara de Águeda. A obra de infraestruturação, que prevê um investimento de 2,7 milhões de euros (acrescidos de IVA), deverá estar concluída no prazo de 365 dias.

“Esta é mais uma grande obra que executamos no concelho e que dota o PEC de todas as infraestruturas necessárias para apoiar a instalação de empresas, atraindo cada vez mais investimento ao nosso território”, disse Jorge Almeida, Presidente da Câmara Municipal de Águeda, salientando que é objetivo da Autarquia “potenciar a criação de emprego e a produção de riqueza no Município”.

Mais acrescenta que este investimento, que conta com apoio comunitário ao abrigo do Programa Operacional Regional do Centro – Centro 2020, responde à procura por parte de investidores em instalar as suas empresas no concelho de Águeda.

“A capacidade de atrair investimento para Águeda decorre do sucesso da estratégia municipal ao dotar os vários parques industriais do concelho dos equipamentos e infraestruturas que respondam às necessidades das empresas”, frisou Jorge Almeida, para quem este crescimento e expansão da oferta de lotes empresariais é um importante motor no desenvolvimento socioeconómico do concelho e da região.

A empreitada inclui a criação de infraestruturas necessárias ao funcionamento dos lotes, nomeadamente rede viária, numa extensão de cerca de 3.000 metros, assim como rede de águas pluviais, de saneamento, passeios, rede elétrica, de gás natural e de iluminação pública, e ainda a rede de comunicações (fibra ótica) e a sinalética (vertical e horizontal).

Será também criado um lago/bacia de retenção com a principal função de amortecimento de picos de caudal associados às águas pluviais, mas também para apoio para a rede de rega e incêndio prevista.

Refira-se que, após concurso público, o contrato foi assinado com a empresa Manuel Francisco de Almeida, SA, no valor de 2.704.964,57 euros (+ IVA).

Para além desta intervenção, a Câmara de Águeda tem em curso as obras de construção dos acessos ao PEC, que permitem uma ligação rápida e adequada à estrutura viária principal. Tendo em conta a sua localização estratégica, a rede viária foi dimensionada para garantir não só uma articulação eficaz entre as vias principais assim como uma distribuição e acesso aos vários lotes.

 

 

Fonte: Município de Águeda