O trabalho desenvolvido no Centro de Juventude de Águeda (CJA) tem sido reconhecido a nível internacional, com participações em vários fóruns e encontros. O exemplo mais recente aconteceu no dia 11 de novembro, com o CJA a ser selecionado para fazer parte da edição online de uma formação europeia sobre voluntariado.

A escolha do CJA para integrar este Training Course foi feita pelos formadores do curso, a agência nacional austríaca Erasmus+ Juventude em Ação e o European Solidarity Corps Resource Centre, sendo que o convite surgiu no seguimento da participação de uma técnica do CJA, em fevereiro deste ano, no TOSCA Training sobre a qualidade de projetos do Corpo Europeu de Solidariedade (CES), com foco no voluntariado, e que decorreu na Áustria.

Para a seleção do CJA foi determinante a partilha de experiências na gestão e implementação do projeto de voluntariado VOLUNTEER(S)olidarity do CJA e a ação desenvolvida ao longo do TOSCA Training.

A intervenção do CJA na edição online do TOSCA (no dia 11 de novembro) fez a ligação entre os critérios de qualidade de projetos de voluntariado europeu e a sua operacionalização na prática em Águeda, designadamente com o projeto de parcerias de voluntariado VOLUNTEER(S)olidarity (apoiado pela Agência Nacional Erasmus+ Juventude em Ação e financiado pelo Corpo Europeu de Solidariedade).

No âmbito desta iniciativa, estão agendadas duas rondas de mobilidade individual, sendo que, de outubro de 2020 a julho de 2021, o CJA tem em Águeda oito jovens europeus que desenvolvem competências-chave e implementam atividades em escolas e nos serviços educativos da Câmara Municipal de Águeda.

As atividades dos voluntários estão enquadradas nos critérios de qualidade do TOSCA, por promoverem solidariedade com dimensão europeia, inclusão, direitos humanos, cidadania ativa e empatia. O impacto do projeto nos voluntários tem repercussões positivas na melhoria do seu auto-conhecimento, na capacidade de transformar ideias em ações concretas para suprir necessidades da comunidade e para adjuvar o processo de tomada de decisões quanto ao futuro, após a mobilidade.

A comunidade aguedense, principalmente a juvenil, fica mais aberta à interculturalidade, às oportunidades europeias e à valorização da educação não-formal. O CJA, organizações europeias de apoio e stakeholders locais também enriquecem as suas práticas com a presença dos voluntários.

Deste modo, a partilha objetiva de práticas de gestão e implementação do voluntariado europeu levou o conhecimento adquirido do CJA além-fronteiras, sendo um modelo para outras organizações europeias que pretendem conhecer mais aprofundadamente o programa CES e melhorar os seus projetos.

O CES é a nova iniciativa da União Europeia dirigida aos jovens, dando-lhes a oportunidade de fazer voluntariado ou de trabalhar em projetos, no próprio país ou no estrangeiro, em benefício de pessoas e comunidades de toda a Europa, uma oportunidade disponível para os jovens dos 18 anos 30 anos. Depois de se inscreverem no CES, os participantes podem ser selecionados e convidados a integrar uma vasta gama de projetos, relacionados, por exemplo, com a prevenção das catástrofes naturais ou a reconstrução na sequência de catástrofes deste tipo, a assistência em centros de requerentes de asilo ou a resposta a outras questões sociais a nível da comunidade.

Refira-se que o TOSCA Training, que decorreu na Áustria, foi direcionado à qualidade de projetos de voluntariado europeu, onde, de 24 a 28 de fevereiro, técnicos de juventude de várias organizações europeias, entre as quais o CJA, debateram os critérios de qualidade com questões relacionadas com o valor das atividades, o impacto e benefícios, e a conformidade com as diretrizes do programa, participaram em atividades de educação não-formal e, em colaboração, desenharam novos projetos de voluntariado.

 

 

Fonte: Município de Águeda

Fotografia: Participação do CJA no TOSCA na Áustria