A escola de samba Sócios da Mangueira, da Póvoa da Mealhada, arrecadou quatro Globos do Samba (dos nove para que estava nomeada), na madrugada do passado sábado, dia 30 de março, em Estarreja, aquando da Gala do “Samba com Vida”.

Depois de se sagrar tricampeã, em 2019, do Troféu Joham d’Oliveira, no Carnaval Luso Brasileiro da Bairrada, na Mealhada, os Sócios da Mangueira conquistaram, no passado sábado, quatro Globos do Samba, numa iniciativa do “Samba com Vida”, organizado pelo G.R.E.S. Trepa Coqueiro, de Estarreja, que pretende “premiar o trabalho das escolas de samba e dos sambistas de Portugal que mais se destacaram ao longo de cada ano”, desta feita, referente ao ano de 2018. As nomeações surgem por indicação de todas as escolas de samba do país, tendo a Mangueira sido a escola do país com o maior número de Globos conseguidos.

Assim, Renato Sabão e Raquel Pombo Rodrigues conquistaram os Globos do Samba de melhor Mestre-Sala e melhor Madrinha da Bateria do país. E se para o primeiro, o galardão é atribuído pela segundo ano consecutivo, para a jovem, oriunda da Figueira da Foz, o prémio é-lhe atribuído na primeira vez em que está nomeada. No discurso após arrecadar o galardão, “Vivi”, como é conhecida, agradeceu “à Bateria da escola” que a elegeu madrinha há cerca de dois anos.

Para além destes dois Globos, os Sócios da Mangueira arrecadaram os globos de melhor Samba-Enredo, da autoria de Alexandre Lopes (“Xandinho”), com “Criei asas, voei”, bem como a melhor Bateria do país, designada pelos mangueirenses de “Swing do Morro”.

“O prémio que tenho na mão supostamente é um prémio individual, mas para mim será sempre um prémio dos Sócios da Mangueira, até porque é por causa deles que isto está aqui. Obrigado!”, disse Alexandre Lopes, aquando da entrega do galardão de melhor samba-enredo do país referente ao ano de 2018, enfatizando que o prémio só tem significado “com a minha comunidade, com a minha escola”.

No próximo mês de junho, no dia 22, a Mangueira volta a Estarreja para defender o Troféu Nacional do Samba, onde desfilarão as escolas de samba vencedoras de cinco carnavais do país.

 

Texto de Mónica Sofia Lopes

Fotografias com Direitos Reservados