A cefaleia, vulgarmente chamada de dor de cabeça, é muitas vezes confundida com enxaqueca. A cefaleia é caracterizada por uma dor leve a moderada, bilateral, difusa e compressiva. A enxaqueca afecta apenas um dos lados da cabeça, a dor é forte e pulsátil e desencadeia sensibilidade à luz, barulho e cheiro.

Um dos tipos mais comuns de cefaleia é a tensional, como o próprio nome indica, cefaleia de tensão. Os principais factores desencadeadores da cefaleia tensional são a fadiga, cansaço, stress, ansiedade e má postura. Estes levam a uma contracção excessiva dos músculos do pescoço e nuca, e provocam uma sensação de peso nessa região posterior da cabeça, pescoço e ombros. Devido à tensão também há um défice da vascularização da cabeça o que pode provocar a sensação de cansaço e de sono. As dores são principalmente na face posterior da cabeça ou na região frontal.

A osteopatia pode ajudar no alívio das dores promovendo o relaxamento muscular, trabalhando a coluna cervical e o aumentando a vascularização da cabeça, com técnicas essencialmente cranianas.

 

Rita Fernandes

Osteopata