Renato Sabão e Raquel Pombo conquistaram os Globos do Samba de melhor Mestre-Sala e melhor Madrinha da Bateria do país. Se para o primeiro, o galardão é atribuído pela segundo ano consecutivo, para a jovem, oriunda da Figueira da Foz, o prémio é lhe atribuído na primeira vez em que está nomeada.

 

 

 

 

 

 

Para além destes dois Globos, a escola de samba Sócios da Mangueira, da Póvoa da Mealhada, arrecadou o melhor Samba-Enredo, da autoria de Xandinho (recorde-se “Criei asas, voei”), bem como a melhor Bateria do país, designada pelos mangueirenses de “Swing do Morro”.

 

Xandinho

 

Recordamos os nossos leitores que os Globos do Samba são uma iniciativa do “Samba com Vida”, organizado pelo G.R.E.S. Trepa Coqueiro, de Estarreja, cujos resultados foram divulgados numa Gala, que decorreu durante a madrugada deste sábado, 30 de março. Os Globos do Samba referem-se ao ano de 2018.

 

Texto de MSL

Fotografias de JOSÉ MOURA