“Sons de Verão” é a aposta da Orquestra Clássica do Centro, Fundação Mata do Bussaco e Câmara da Mealhada para os próximos dias 27, 28 e 29 de julho. Com os espetáculos, maioritariamente, concentrados nos Jardins do Palace, estarão presentes grandes vozes de soprano (ópera), como Dora Rodrigues e Elisabete Matos.

Chama-se “Festival Bussaco Summer Sounds (Sons de Verão)”, conta com o apoio da Direção-Geral das Artes, e promete um fim-de-semana de “linguagem universal” com música clássica com ligação ao tango e fado. “Tudo o que são iniciativas de especial relevância cultural e musical interessam-nos!”, começou por dizer António Gravato, presidente da Fundação Bussaco, garantindo ser este “um projeto de grande qualidade” e apelando à visitação: “Sem público não há espetáculo!”.

Emília Martins, presidente da direção da Orquestra Clássica do Centro, garantiu que o objetivo passa “por trazer música erudita à nossa região, juntando o património arquitectónico ao musical”. “Estamos a falar de música erudita num espaço absolutamente paradisíaco”, enfatizou.

Assim, na sexta-feira, dia 27 de julho, pelas 21 horas, o espetáculo “Música no Palácio” terá Dora Rodrigues (soprano), José Corvelo (barítono) com o ensemble de cordas da Orquestra Clássica do Centro. O custo de entrada é de quinze euros por pessoa.

No dia seguinte, também às 21 horas, haverá “Gala de Ópera” com Elisabete Matos (soprano), Orquestra Clássica do Centro e o maestro José Eduardo Gomes. Cada bilhete tem um custo de vinte euros.

A “Música nos Jardins” decorrerá a 29 de julho, com início às 17 horas, percorrerá vários locais na Mata e terá ensembles de metais, madeiras e cordas. A entrada nos espetáculos é gratuita e, junto à Fundação, haverá entrega de um guião para essa tarde.

“Queremos dar hipótese aos turistas de programarem um fim-de-semana de lazer diferente”, continuou Emília Martins, apelando “às unidades hoteleiras e de restauração que ajudem na divulgação e promovam ofertas para se chamarem ainda mais pessoas”.

“É um espetáculo ao ar livre, onde as pessoas usufruem não só de um concerto, mas também de toda a beleza deste espaço”, enfatizou, deixando no ar o desejo “de continuar a parceria”.

Da Câmara da Mealhada esteve Guilherme Duarte, vice-presidente da autarquia, que elogiou o programa: “No Bussaco temos um património biológico e religioso únicos, juntando a cultura, a simbiose fica perfeita!”. E em jeito de convite, apelou: “Venham conhecer uma sala de espetáculo única!”.

A aquisição de bilhetes pode ser feita em www.orquestraclassicadocentro.org

 

Texto de Mónica Sofia Lopes

Fotografia de José Moura