O processo participativo com vista à recolha de ideias para a atribuição da nova funcionalidade ao prédio “Urbiluso”, situado no aglomerado urbano da vila de Luso, vai decorrer até dia 23 de julho de 2021, anunciou, esta segunda-feira, a Câmara da Mealhada.

“Recorde-se que o referido prédio, localizado numa zona estratégica da vila termal de Luso, foi recentemente adquirido pelo Município da Mealhada, que agora pretende dar voz à população local, podendo daí resultar a inclusão de alguns dos seus contributos no destino que será dado ao edifício. O resultado dessa auscultação será tornado público e transmitido ao gabinete projetista, que elaborará o projeto de requalificação, tendo em consideração a sua envolvente, localização estratégica e identidade do território”, lê-se num comunicado de imprensa da Autarquia.

“O Município tem uma ideia precisa sobre o que fazer no prédio. Não obstante, entende que deve ouvir a população sobre este assunto, podendo adotar alguma modificação ao que tem previsto. Isso só é possível com a colaboração da população, se ela assim o desejar”, explica o presidente da Câmara, Rui Marqueiro.

Os interessados em apresentar sugestões devem aceder à plataforma participativa, em http://participacaopublica.cm-mealhada.pt/, e registar os seus contributos através do preenchimento de um formulário, não necessitando de qualquer registo prévio. “Excecionalmente, quem não tenha acesso à internet, pode enviar os seus contributos por correio, os quais serão carregados na plataforma pelos serviços municipais”, informa ainda o Município, acrescentando que “não há limite de número de participações, pelo que o mesmo cidadão, residente ou não no concelho, pode enviar vários contributos em momentos diferentes”.

A autarquia mealhadense optou por esta solução tecnológica para congregar a participação dos cidadãos. A plataforma foi desenvolvida pelo Gabinete de Sistemas de Informação Geográfica do Município da Mealhada e assenta em tecnologia “open source”. Desde o armazenamento da informação geográfica e ferramentas de análise e gestão SIG até à sua disponibilização, é utilizado software livre e aberto.

Mais informações poderão ser obtidas através do e-mail oparticipativo@cm-mealhada.pt