A Câmara Municipal de Cantanhede está a realizar um inquérito para avaliar as necessidades e expectativas dos seus colaboradores, no âmbito da NP 4552 – Sistema de Gestão da Conciliação (SGC) entre a Vida Profissional, Familiar e Pessoal.

“O SGC visa fomentar a adoção de comportamentos que permitam aos trabalhadores conciliar da melhor forma possível essas três vertentes e aumentarem por essa via os níveis de satisfação e realização”, lê-se num comunicado de imprensa, que acrescenta: “Ainda que não exista uma norma europeia que regulamente esta matéria, a norma nacional NP 4552:2016 foi criada para guiar as organizações no sentido de se adaptarem às práticas familiarmente responsáveis, objetivo que a autarquia cantanhedense persegue, considerando-o um fator chave para o aumento da satisfação no local de trabalho”.

Assim, o diagnóstico às necessidades e expectativas dos trabalhadores que está a ser realizado em todos os serviços é o primeiro passo no sentido de os mobilizar para o reconhecimento da conciliação entre a vida profissional, familiar e pessoal como fator que concorre também para a qualidade dos serviços prestados.

“Um trabalhador que não usufruiu de um ambiente de trabalho favorável a esse equilíbrio acaba por ficar mais desmotivado e menos empenhado, o que se reflete negativamente na sua produtividade. Por isso, a Câmara Municipal de Cantanhede acredita que as novas práticas de incremento da qualidade de vida no local de trabalho terão um impacto bastante positivo nas dinâmicas organizacionais, deixando os colaboradores mais motivados e por isso mais dedicados às suas funções”, continua o mesmo documento.

A aplicação da norma NP 4552:2016 visa encontrar pontos de consenso a respeito das pretensões de cada uma das partes interessadas da política da conciliação, consubstanciando-se como mecanismo de base para a autodisciplina da organização, nomeadamente na simplificação de processos e regulamentação de relativamente à vida profissional, familiar e pessoal. Para a Autarquia de Cantanhede “o que se pretende é fomentar o equilíbrio entre essas três dimensões para que o trabalhador invista em todo o seu potencial em benefício pessoal e da organização, através da utilização de ferramentas de gestão para as organizações implementarem medidas flexíveis nas práticas laborais, nos serviços, nos horários de trabalho, nos recursos humanos, no desenvolvimento pessoal e no apoio profissional e familiar”.

A norma NP-4552 é aplicável a todos os serviços que compõem a estrutura organizacional da autarquia, procurando a participação do maior número possível de pessoas, direta ou indiretamente envolvidas na atividade dos serviços.