A Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra, através dos seus Municípios, adere à iniciativa “Hora do Planeta” no dia 27 de março, entre as 20H30 e 21H30, altura em que se dará um apagão em alguns dos monumentos mais emblemáticos da Região:

Arganil: Biblioteca Municipal Miguel Torga; Fonte da rotunda, junto ao Posto de Turismo de Arganil; Fonte de Amandos; Av. das Forças Armadas – separador central; Centro de Atividades Juvenis; Edifício da União de Freguesias de Côja e Barril de Alva.

Coimbra: Edifício Paços do Concelho; Aqueduto de São Sebastião

Figueira da Foz: Edifício Paços do Concelho; Fonte Luminosa; Praia da Claridade

Góis: Edifício dos Paços do Concelho; Largo Francisco Inácio Dias Nogueira (Centro Histórico)

Lousã: Edifício dos Paços do Concelho; Biblioteca Municipal

Mealhada: Edifício dos Paços do Concelho

Mira: Edifício dos Paços do Concelho; Casa do Visconde e Tribunal; Mira Center – Centro de Ciência e Iniciativas Empresariais de Mira; Palheiros de Mira – Museu e Posto de Turismo da Praia de Mira; Estátua de Infante Dom Pedro; Museu do Território da Gândara; Complexo Desportivo; Biblioteca Municipal

Miranda do Corvo: Edifício dos Paços do Concelho

Montemor-o-Velho: Castelo de Montemor-o-Velho

Oliveira do Hospital: Edifício dos Paços do Concelho; Largo Ribeiro do Amaral

Penacova: Edifício da Câmara Municipal de Penacova

Soure: Edifício dos Paços do Concelho; Castelo de Soure

Vila Nova de Poiares: Monumento ao Cristo; Edifício dos Paços do Concelho

 

Esta ação vai ao encontro dos objetivos do ClimAgir, projeto de educação e sensibilização ambiental com o foco nas alterações climáticas e nos comportamentos das pessoas, em execução na Região de Coimbra desde 2018. “Como este ano o tema da “Hora do Planeta” é “Água e Alterações Climáticas”,
as sessões online do projeto ClimAgir contaram, esta semana,
com a participação das Águas do Centro Litoral S.A., um parceiro da CIM
Região de Coimbra na educação ambiental, nas quais participaram cerca de 80
alunos do Município de Mira.

A iniciativa mundial “Hora do Planeta” pretende alertar para o necessário compromisso com o nosso Planeta em questões ambientais, sobretudo na sobre a problemática das alterações climáticas, que são resultado de várias décadas de elevadas emissões de gases de efeito de estufa, como o dióxido de carbono (CO2) e o metano (CH4), derivados das nossas atividades de consumo de bens, energia, mobilidade e alimentação.

 

Fonte: Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra