No passado dia 29 de abril, o jornal online «Bairrada Informação» publicou um comunicado de imprensa, enviado pela Delegação de Aveiro do Partido Comunista Português, com o título “deputada do PCP no Parlamento Europeu deslocou-se a Anadia”.

Na nota de imprensa é escrito que “a grande maioria dos trabalhadores da Sanitana e do Grupo Pavigrés encontra-se em lay-off, quando entre 2017 e 2018, estas duas empresas acumularam lucros no valor de cerca de 9 milhões e 700 mil euros e 4 milhões e 400 mil euros, respectivamente”.

Uma informação que José Alberto Figueira Diogo, presidente do Conselho de Administração da Pavigrés Cerâmicas, S.A., garante não ser verdade. “A notícia não corresponde à realidade já que o Grupo Pavigrés não recorreu ao lay-off dos seus trabalhadores, nem de resto, recorreu a qualquer medida de apoio às empresas no âmbito da crise pandémica do COVID-19”, declara numa informação, ao abrigo do Direito de Resposta, remetida, ao nosso jornal, a 4 de maio, que publicamos nesse mesmo dia.

 

 

Imagem com Direitos Reservados