Fernando Pimenta vai ser distinguido pela Federação Portuguesa de Canoagem com o Prémio Atleta do Ano 2019, na Gala dos Campeões, marcada para o próximo sábado, 1 de fevereiro, em Coimbra, no Teatro Académico de Gil Vicente, que, pelo segundo ano consecutivo, recebe a festa da família da canoagem.

Em 2019, o canoísta de Ponte de Lima voltou a ser a figura em destaque da canoagem nacional entre a elite mundial da modalidade, tendo conquistado, no Campeonato do Mundo de Velocidade, realizado em Szeged, na Hungria, medalhas de bronze nas provas de K1 1000 metros e de K1 5000 metros, duas distâncias em que Fernando Pimenta tudo fez para defender os títulos mundiais de 2018 conquistados em Montemor-o-Velho.

Na temporada passada, o atleta do Sport Lisboa e Benfica também ganhou duas medalhas de prata (K1 1000 metros e K1 5000 metros) nos Jogos Europeus de Minsk, na Bielorrússia, entrando na história de Portugal na competição ao tornar-se o primeiro atleta luso a conquistar quatro medalhas. Isto depois de, em Baku, no Azerbaijão, em 2015, na primeira edição dos Jogos Europeus, ter arrecadado duas medalhas de prata, também nas provas de K1 1000 metros e de K1 5000 metros.

Mas as homenagens não se ficam por aqui, estando reservada, também, a entrega das distinções de Atleta do Ano (feminino), Equipa do Ano, Promessa e Treinador do Ano. Estes premiados serão conhecidos, no próximo sábado, durante a Gala dos Campeões.

Em 2019, a Federação Portuguesa de Canoagem organizou, em Coimbra, o Campeonato da Europa de Kayak Polo. Um evento que mereceu rasgados elogios das entidades internacionais, bem como dos atletas, treinadores e dirigentes das seleções presentes. No sábado, o município de Coimbra e o Clube Fluvial de Coimbra, co-organizadores da competição, vão ser alvo de uma justa e merecida homenagem.

João Paulo Rebelo, secretário de Estado da Juventude e do Desporto, e Albert Woods, presidente da Associação Europeia de Canoagem, são presenças já confirmadas na cerimónia, que também vai contar com António Figueiredo e Carlos Cidade, vice-reitor da Universidade de Coimbra e vice-presidente da Câmara Municipal de Coimbra, respetivamente, além dos membros dos órgãos sociais da Federação Portuguesa de Canoagem.

No plano individual, a Gala dos Campeões presta tributo aos 313 títulos nacionais, além de o alinhamento da festa anual da família da canoagem prever a homenagem a cerca de uma centena de canoístas lusos, que, em 2019, representaram Portugal em Campeonatos da Europa e do Mundo.

O Clube Náutico de Ponte de Lima é um dos emblemas distinguidos, depois de, em 2019, ter conquistado o Troféu Jogos Santa Casa. Uma distinção que corresponde ao ranking nacional de clubes e que consagra os emblemas, que, ao longo do ano desportivo, competiram nas diferentes disciplinas da modalidade. O Clube Náutico de Ponte de Lima venceu, mais uma vez, este troféu, depois de ter assegurado, em termos globais, a conquista de 635 pontos.

Em termos coletivos, vão ser homenageados os campeões nacionais de 2019. A saber: Águas Bravas Clube (Slalom), Clube Náutico de Ponte de Lima (Fundo, Velocidade e Esperanças), Clube Náutico de Prado (Maratona), Clube Fluvial de Coimbra (Kayak Polo Absoluto), Associação Náutica do Seixal (Kayak Polo Sub-16), Clube do Mar Costa do Sol (Canoagem de Mar) e Darque Kayak Clube (Slalom Esperanças). O Clube de Canoagem de Amora, emblema vencedor do ranking nacional de Veteranos, também vai ser distinguido.

A entrada na gala é gratuita, mas limitada à lotação existente no TAGV. A iniciativa conta com o apoio da Universidade de Coimbra, através do Gabinete do Desporto.

 

 

Fonte: Federação Portuguesa de Canoagem