Pelo menos cerca de um milhão de euros foram gerados em compras, durante o passado mês de dezembro, nos municípios de Mealhada, Mortágua e Penacova. O balanço é da Associação Comercial e Industrial da Bairrada e Aguieira que, ao final da tarde de ontem, 15 de janeiro, procedeu ao sorteio da Tômbola de Natal na Mealhada.

Todos os anos, o procedimento é o mesmo, com o apoio financeiro das três Autarquias, a ACIBA promove a Tômbola de Natal nos municípios da sua abrangência. Os estabelecimentos aderentes, por sua vez, ficam assim incumbidos de atribuir aos clientes uma senha por cada quinze euros em compras.

“No final, estabelecemos uma média de compras por cada senha no valor de 18 euros, tendo registado, em 2019, um volume de compras, nos três municípios, a rondar os novecentos e cinquenta mil euros”, explicou Carlos Pinheiro, presidente da direção da ACIBA, adiantando ainda que foi em Mortágua que se notou o maior número de senhas e mais quinze mil euros em compras, comparativamente com o da Mealhada.

Mas também no caso da Mealhada, onde as tômbolas se espalham não só pela cidade, mas também nas vilas do Luso e da Pampilhosa, “houve um aumento, tanto do número de estabelecimentos aderentes (quarenta e quatro, em 2019), como também do número de senhas (mais cento e cinquenta do que em 2018), onde se registaram 20.150 senhas, num total de trezentos e sessenta e cinco mil euros”.

Ontem, das milhares de senhas, foram retiradas quatro por Carlos Pinheiro e Guilherme Duarte, vice-presidente da Câmara da Mealhada, autarquia que apoia a iniciativa em dois mil euros. Assim, os premiados (cuja divulgação, devido à proteção de dados, será feita pela ACIBA, posteriormente) fizeram compras na loja de eletrodomésticos José Manuel Correia, na Mealhada, onde se registou o primeiro prémio no valor de trezentos euros; na Retina Óptica Médica Lda., igualmente na Mealhada, onde se registou o segundo premiado com um valor de duzentos euros; na loja de ferragens Carlos Lopes, também na Mealhada, onde ficou o terceiro premiado com um valor de cento e vinte e cinco euros; e, por último, o talho Taliketal situado no Mercado do Luso, que registou o quarto premiado, num valor de setenta e cinco euros. Para além disso, em cada estabelecimento foi ainda sorteado um vencedor, no valor de quinze euros, para compras na respetiva loja.

O vice-presidente da Câmara da Mealhada mostrou-se disponível para a continuação do apoio por parte da autarquia. “São dois mil euros com gastos bem justificados – nomeadamente, o valor dos prémios, as tômbolas, as senhas e toda a logística que a iniciativa implica – e que são bastante importantes para o comércio local”, disse o autarca.

Palavras importantes para o presidente da direção da ACIBA que garante que “se não houvesse este incentivo, havia dinheiro que possivelmente se ia gerar fora”.

Depois dos sorteios em Penacova e Mealhada, o de Mortágua acontece no próximo dia 21 de janeiro.

 

Mónica Sofia Lopes