Apesar de ainda continuarem os trabalhos de limpeza provocados pelos estragos causados pela “Depressão Elsa”, a Mata Nacional do Bussaco foi reaberta, na passada segunda-feira, estando a ser alvo, desde então, de visitação.

Recorde-se que os ventos fortes e a chuva intensa que se fizeram sentir, na semana passada, provocaram a queda de dezenas de árvores e originaram algumas derrocadas (aluimentos de terra) e estragos no pavimento. As áreas mais afetadas foram a zona da Fonte Fria, Serpa e nas imediações da porta da Rainha/Museu Militar.

 

 

Fotografia de JOSÉ MOURA