António Raminhos, que no ano passado esgotou duas sessões do seu anterior espetáculo no Cineteatro Messias, regressa à Mealhada com o seu novo espetáculo de stand up – “O sentido das Coisas…e isso” -, uma viagem entre o humor e a busca da resposta à dúvida “porque é que estamos aqui…”. Depois de esgotado o espetáculo do próximo dia 17 de janeiro, o Cineteatro Messias, na Mealhada, promove uma segunda sessão, agendada para o dia seguinte, 18 de janeiro, pelas 16 horas.

“Tudo aquilo que fazemos tem um significado. Bom, pode não ter um significado. Se estiver no mar do Algarve a tomar banho e de repente um carapau saltar e o agredir não terá assim um grande significado…ou terá?”. São estas as palavras que descrevem o que o público poderá ver na Mealhada nos próximos dias 17 e 18 de janeiro. O preço de cada entrada é de dez euros e os bilhetes podem ser adquiridos em teatromessias@cm-mealhada.pt e em www.bol.pt.

 

70 anos do Cineteatro e “Quero ir prá ilha” são gratuitos, mas necessitam de reserva

Recordamos ainda que, no mês de janeiro, decorrerão dois espetáculos, gratuitos, no Cineteatro Messias

Assim, no dia 18, pelas 21h 30m, o Ballet do HCM, a Caixa de Palco, as Filarmónicas da Pampilhosa e Barcouço, o Grupo Cénico de Santa Cristina, a Oficina de Teatro Cértima, o músico Pama e os Sócios da Mangueira atuarão no espetáculo dos 70 anos do Cineteatro Messias, um evento que conta com apresentação de Eladio Climaco.

No dia seguinte, 19 de janeiro, pelas 16 horas, será a vez do teatro de revista nacional “Quero ir prá ilha”.

Ambos os espetáculos são gratuitos, mas necessitam de reserva prévia através do número de telefone 231 209 870 e/ou correio eletrónico teatromessias@cm-mealhada.pt.

 

 

Texto de Mónica Sofia Lopes

Imagem com Direitos Reservados