O Município de Anadia pretende criar uma Rede de Percursos Pedestres no concelho, nomeadamente a implementação, de raiz, de cinco Pequenas Rotas, assim como proceder à correção da sinalética de uma Grande Rota e respetiva homologação dos cinco percursos junto da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal (FCMP).

Para o efeito a autarquia vai integrar uma candidatura intermunicipal ao Programa de Desenvolvimento Rural (PDR) 2020, no âmbito do GAL Rural da Região de Aveiro – “Renovação de Aldeias”, cujo valor máximo do investimento, por município, ronda os cento e trinta e cinco mil euros, a que corresponderá uma comparticipação de 67.500,00 euros.

Este projeto pretende funcionar como um instrumento importante para a reabilitação, preservação e divulgação do espólio cultural, histórico, paisagístico e ambiental do concelho de Anadia. Por outro lado, pretende-se ainda que seja um complemento às diversas infraestruturas e equipamentos desportivos existentes, no sentido de, cada vez mais, Anadia se destacar como Município do Desporto.

São cinco, os percursos a criar, um na Freguesia de São Lourenço do Bairro – “Rota dos Vinhedos”, outro em Vila Nova de Monsarros, o qual inclui as aldeias de Parada e Algeriz, um outro em Vilarinho do Bairro que inclui a Lagoa de Torres e ainda dois percursos na Freguesia da Moita, sendo um a “Rota do Poeta”. Estas cinco Rotas, já com trajeto delineado, têm uma extensão entre 9 e 14 kms.

A candidatura prevê também a correção da Grande Rota “Flor-de-Lis”, em Avelãs de Cima, com uma extensão de 33 kms, que já se encontra registada na FCMP.

 

Fonte: Município de Anadia