O Comando Territorial de Aveiro da Guarda Nacional Republicana, no dia 21 de agosto, realizou uma operação especial de prevenção e combate à criminalidade na área de serviço de Aveiro, na Autoestrada n.º 25 (A25), e na área de serviço de Vagos, na Autoestrada n.º 17 (A17), no concelho de Aveiro.

“Esta operação teve como objetivo a prevenção de corridas ilegais, tendo sido fiscalizados 112 condutores. No decorrer da ação foi detido um suspeito por condução sob o efeito do álcool. Foram ainda apreendidas 24 doses de haxixe e dez veículos por alterações às características construtivas, tendo sido notificados os proprietários para submeterem as viaturas a inspeção extraordinária”, lê-se num comunicado, enviado às redações, pelas autoridades.

A operação culminou ainda na elaboração de autos de contraordenação, nomeadamente, doze por posse/consumo de estupefacientes; um relacionado com pneumáticos; um por falta de seguro de responsabilidade civil; um por uso indevido do telemóvel no exercício da condução; um por Introdução Irregular no Consumo, em virtude de o veículo não estar matriculado em território nacional; e um por transformação de veículos e por existência de veículos com características não averbadas no Documento Único Automóvel.

Esta ação decorreu com o reforço do Destacamento de Trânsito (DT) de Aveiro, do Destacamento de Intervenção (DI) de Aveiro e dos Destacamentos Territoriais de Águeda e de Anadia.

A GNR mantém-se vigilante para que seja possível prevenir e reprimir eventos que ponham em causa o direito de circulação dos cidadãos e que atentem contra a segurança rodoviária de todos os utentes da via pública.