O Centro Interpretativo do Ciclo da Água e da Floresta (CICAF), localizado nas instalações da antiga Escola do 1.º Ciclo de Canelas, na Freguesia de Avelãs de Cima, vai ser inaugurado no início do mês de junho.

“O projeto, da autoria das jovens Ana Marta Ferreira, Cláudia Martins e Mara Almeida, resulta de uma proposta vencedora, no âmbito do Orçamento Participativo Jovem de Anadia. Sendo a água e a floresta, duas das maiores riquezas do concelho de Anadia, pretende-se com este Centro Interpretativo iniciar uma nova estratégia de consciencialização e de valorização destes recursos endógenos, pela importância que têm, pelo valor que representam e pelas funções que desempenham”, lê-se num comunicado de imprensa do Município de Anadia, que acrescenta que “para que aquele espaço pudesse acolher o CICAF com todas as condições, a autarquia levou a efeito a reabilitação e requalificação do edifício da antiga escola de Canelas, tendo também adquirido e instalado todo o equipamento e mobiliário necessário às atividades a desenvolver pelo Centro Interpretativo”.

Sendo o Município proprietário das instalações e considerado o interesse manifestado pelo presidente da Junta de Freguesia de Avelãs de Cima em colaborar com a Autarquia no apoio a prestar à concretização do projeto, o executivo municipal, na sua última reunião, deliberou celebrar um protocolo com a Freguesia de Avelãs de Cima, para apoio à gestão das instalações da Escola do 1.º Ciclo do Ensino Básico de Canelas.