A Quercus está a promover uma ação de monitorização das populações de aves aquáticas, para aferir o impacto de eventuais atividades sobre a conservação do ecossistema, diversas espécies protegidas fazem parte da monitorização.

“Um levantamento realizado em 2020 mostrou que existiam cerca de 40 casais de Garça-vermelha, de 25 de Garça-noturna, 20 de Garça branca-pequena, 15 de Íbis-preta, 6 de Águia-sapeira e 8 casais de Águia-de-asa-redonda”, lê-se num comunicado de imprensa do Núcleo Regional de Aveiro da Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza, que acrescenta que “tal diversidade e riqueza ornitológica fez com que fosse classificada como Zona de Proteção Especial da Ria de Aveiro, Sítio de Importância Comunitária, Zona Húmida de Importância Internacional e reconhecida como Área Importante para as Aves”.

Nesta iniciativa, a Quercus conta com a colaboração de fotógrafos de natureza e do clube de caçadores da Pateira, mas procura voluntários que queiram participar no censo de 2021. Qualquer cidadão com interesse pode participar, uma vez que em alguns casos, são apenas necessários conhecimentos básicos de observação de aves. Quem desejar participar deverá inscrever-se através do e-mail aveiro@quercus.pt para que lhe seja atribuído o local onde vai recolher os dados.