Um homem, de 59 anos, foi encontrado morto, já em estado de decomposição, na habitação onde residia sozinho, junto ao IC2, em Ponte de Viadores, freguesia de Casal Comba, no concelho da Mealhada. O alerta às autoridades foi dado por familiares que já não o avistavam há cerca de 15 dias, tendo a GNR entrado na residência na noite da passada segunda-feira, dia 5 de Abril.

Segundo o nosso jornal conseguiu apurar, o homem não era dado «a grandes convivências, nem com a família», situação agravada depois do falecimento, nos últimos anos, dos seus progenitores. «Alguns familiares iam vendo o homem esporadicamente na rua, situação que já não acontecia há cerca de 15 dias, o que motivou o alerta às autoridades», afirmou, ao nosso jornal, uma familiar.

O alerta foi dado para a corporação da Pampilhosa cerca das 19h00 de segunda-feira passada. «Fomos ativados pela GNR para ajudar na remoção de um cadáver que estava em estado de decomposição muito avançado», disse, ao Diário de Coimbra, Fernando Abrantes, comandante dos Bombeiros Voluntários da Pampilhosa, enfatizando que «o senhor residia sozinho e já não era avistado, por familiares, há uns dias».

«Uma operação minuciosa, pelo estado de decomposição do corpo, o que leva sempre algum tempo até à sua conclusão», sublinhou ainda o comandante Fernando Abrantes, explicando que o corpo foi transportado do local para o Instituto de Medicina Legal numa viatura da Cruz Vermelha Portuguesa.

 

Mónica Sofia Lopes