O Município de Oliveira do Bairro pretende investir 10,3 milhões de euros na Zonas Industriais do Concelho, até 2025.

Duarte Novo, Presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, anunciou o investimento após a Assembleia Municipal ter aprovado, por maioria, a revisão orçamental apresentada pelo seu Executivo.

“O Desenvolvimento Económico foi sempre um dos pilares da nossa estratégia e da visão que temos para o Concelho”, referiu o autarca. “Temos seguido o plano que traçámos em 2017 e ainda tivemos que reforçar os apoios na área social, em resposta à pandemia e à consequente crise económica que estamos e continuaremos a viver nos próximos tempos”, acrescentou o líder da autarquia oliveirense.

De acordo com Duarte Novo, o referido investimento vai potenciar as Zonas Industriais de Vila Verde, Palhaça, Bustos e Oiã, “através da criação de condições que permitam o crescimento físico das empresas já instaladas e o acolhimento de novos projetos empresariais, que vão contribuir para o aumento do número de postos de trabalho e consequente fixação de pessoas e famílias”.

A estratégia de investimento definida pelo atual Executivo de Oliveira do Bairro prevê um investimento de 3,5 milhões de euros na Zona Industrial de Vila Verde, em infraestruturas e requalificação viária.

Neste caso, o Município tem em curso uma candidatura a fundos comunitários e vai, nos próximos meses, avançar com o concurso público para a concretização do projeto de execução já aprovado, com a nova delimitação e infraestruturas da zona industrial, que contempla 41 novos lotes.

Recorde-se que o projeto de execução para a nova delimitação da Zona Industrial de Vila Verde define as acessibilidades, passeios, ciclovias, estacionamento, espaços verdes, iluminação pública, saneamento, energia, água, telecomunicações, etc, que vão permitir a instalação de empresas com todas as condições asseguradas para o seu funcionamento, num espaço que, de acordo com o documento, se quer “moderno e aprazível, quer para quem aí trabalha, quer para os seus visitantes”.

Para a Zona Industrial da Palhaça, está previsto um investimento de 3,3 milhões de euros, com 300 mil euros para a aquisição de mais terrenos e o restante valor para infraestruturas e requalificação viária.

A Zona Industrial de Bustos vai contar com um investimento de 2,2 milhões de euros, com 200 mil euros para a aquisição de terrenos.

Para a Zona Industrial de Oiã, a estratégia do Executivo de Oliveira do Bairro prevê um investimento de 1,2 milhões de euros, com 200 mil euros afetos à aquisição de terrenos e o restante para infraestruturas e requalificação viária.

De recordar que o Executivo liderado por Duarte Novo já investiu 800 mil euros na aquisição de terrenos para as zonas industriais de Vila Verde (500 mil euros) e da Palhaça (300 mil euros), a que se soma o investimento de mais cerca de 720 mil euros em infraestruturas que estão a ser realizadas na área mais central da zona industrial de Bustos, num total de mais 1,5 milhões de euros.

No caso da Zona Industrial de Bustos, os trabalhos, que estão a decorrer, passam pela repavimentação da Rua 18 de Fevereiro e das Rua das Indústrias, reestruturação e encaminhamento de águas pluviais, reestruturação da iluminação pública e distribuição de energia, marcação rodoviária, criação de passeios e zonas cicláveis e definição de espaços de estacionamento.

A estratégia de desenvolvimento económico da autarquia liderada por Duarte Novo passa ainda pela Incubadora de Empresas de Oliveira do Bairro, para novos projetos que pretendam testar as suas ideias de negócio ou avançar de imediato para o mercado, assim como pela aposta em serviços de apoio aos empresários, quer junto do seu Espaço Empresa, inaugurado em 2018, quer através da parceria estabelecida com a ACIB – Associação Comercial e Industrial da Bairrada.

 

 

Fonte: Município de Oliveira do Bairro