Já estão abertas as inscrições para o projeto de distribuição gratuita de 25.500 contentores mini-ecopontos por todas as moradias unifamiliares do concelho de Oliveira do Bairro, para recolha porta-a-porta de resíduos recicláveis.

A iniciativa do Município de Oliveira do Bairro avança agora para o terreno, com as inscrições a serem feitas através do preenchimento de um formulário on-line, disponível em www.cm-olb.pt.

“É um projeto que não tem qualquer custo para o munícipe”, como explica Jorge Pato, Vice-Presidente da Câmara Municipal e responsável pelo pelouro do Ambiente, “e que vai reduzir o tempo e o esforço que as pessoas despendem na deposição dos resíduos, tornando desnecessária a deslocação aos ecopontos de proximidade.

Os objetivos do projeto são, de acordo com o autarca, “incrementar a capacidade de deposição dos resíduos recicláveis e sensibilizar a população para a importância da sua separação, de forma a aumentar a quantidade e qualidade de resíduos a encaminhar para reciclagem, diminuindo a quantidade de resíduos urbanos a depositar em aterro”.

O projeto “Separar para mais Reciclar” prevê ainda recolhas porta-a-porta semanais, para os resíduos de papel e cartão e plástico e metal, e quinzenais, para os resíduos de vidro.

Os contentores a distribuir (três por habitação – amarelo, azul e verde), foram projetados para serem empilhados, caracterizando-se por terem uma altura reduzida, o que os torna “particularmente adaptáveis a pequenos espaços disponíveis no interior das moradias unifamiliares”, explicou Jorge Pato.

Relativamente às moradias de habitação multifamiliares (prédios), o responsável autárquico referiu que a autarquia se encontra a “preparar um projeto destinado a essa tipologia, de forma a abranger todos os munícipes do Concelho”.

Os contentores, 8.500 de cada cor (amarela, azul e verde), têm uma capacidade de 45 litros e são fabricados em polipropileno virgem ou reciclado, moldado por injeção, resistente ao impacto e totalmente reciclável. Possuem uma alça de suporte da tampa que mantém a tampa aberta e facilita a deposição de resíduos. A tampa encontra-se ancorada ao corpo do contentor por meio de duas dobradiças, intercambiáveis e facilmente removíveis. Os contentores são, ainda, compostos por um sistema de leitura, ficando associados à respetiva moradia.

O projeto “Separar para + Reciclar” do Município de Oliveira do Bairro conta ainda com uma campanha de comunicação e sensibilização ambiental, com o objetivo de promover, junto dos munícipes, ações comportamentais de valorização dos resíduos obtidos pela triagem, na origem e sua deposição separativa, com vista a aumentar os quantitativos de resíduos enviados para valorização multimaterial e incrementar as taxas de reciclagem no concelho.

 

 

Fonte: Município de Oliveira do Bairro