A Câmara da Mealhada já realizou cerca de dez mil testes serológicos, desde o início da pandemia. «Adquirimos 17.500 testes serológicos, mas também testes rápidos de zaragatoa», referiu Rui Marqueiro, presidente da Câmara da Mealhada, na última Assembleia Municipal, garantindo que os testes «têm sido feitos nas escolas, instituições e pela comunidade em geral». «Sempre que é detetado um surto ou um caso positivo é pedido às pessoas que indiquem as suas redes de contacto e é lhes proposto que façam o teste. Tudo isto sempre em coordenação com a senhora Delegada de Saúde».

O autarca informou ainda que a Câmara irá proceder a um concurso «para aquisição de uma grande quantidade de máscaras cirúrgicas, que irão na sua maioria para as IPSS, mas também para as Juntas de Freguesia distribuírem pelas suas populações». «Há quem prefira as cirúrgicas, em vez das comunitárias», sublinhou o edil.