No dia 5 de novembro de 2020, devido à deteção de um caso de Covid-19 positivo de uma colaboradora, a Santa Casa da Misericórdia da Mealhada (SCMM) viu-se forçada a encerrar duas das salas da Casa da Criança, a sala 1 ano A e a 2 anos A.

Após o surgimento do segundo caso positivo, realizámos – por determinação da autoridade de saúde e por cautela – testes, por método de zaragatoa, a todas as colaboradoras. A opção tomada mostrou ter sido a mais adequada, uma vez que os resultados obtidos revelaram um número mais alargado de casos assintomáticos, mas positivos à Covid-19.

Desta forma, e por indicação da Delegada de Saúde, as respostas de Creches e ensino Pré-escolar da nossa instituição, permanecerão encerradas até ao dia 21 de novembro, reiniciando o seu normal funcionamento apenas no dia 23.

A SCMM lamenta profundamente o incómodo que esta decisão possa causar às famílias dos seus utentes, mas, mais do que nunca, a nossa prioridade é proteger a nossa comunidade – crianças, famílias e colaboradores – e diminuir ao máximo os riscos de contágio. Continuaremos, em articulação com as autoridades de saúde, a implementar as medidas recomendadas para o controlo de transmissão de SARS-CoV-2, na convicção de que – se cada um de nós fizer a sua parte – tudo retornará à normalidade com a maior brevidade possível.

 

Contamos com a colaboração de todos.

Obrigada.

 

João Peres

Provedor da Santa Casa da Misericórdia da Mealhada