O executivo da Câmara Municipal de Cantanhede aprovou, por unanimidade, o pagamento dos valores atribuídos aos pais de mais 36 bebés beneficiários do apoio previsto no âmbito do Incentivo à Natalidade.

A medida consiste na atribuição de um subsídio de 500 euros às famílias com bebés nascidos entre 1 de janeiro e 31 de dezembro de cada ano, concretizando-se segundo um modelo de reembolso de despesas efetuadas na área do concelho com a aquisição de bens e/ou serviços considerados indispensáveis ao desenvolvimento saudável e harmonioso das crianças.

Trata-se de uma das apostas da autarquia cantanhedense para estimular o crescimento da população e assegurar a renovação geracional, fator indispensável a qualquer processo de desenvolvimento sustentável a prazo. Este é, aliás, o pressuposto subjacente ao desígnio de progresso e bem-estar social que o Município de Cantanhede tem vindo a concretizar através de políticas orientadas para a crescente elevação dos padrões de qualidade de vida e do reforço da sua atratividade relativamente a novos residentes e também à fixação de empresas.

Até 30 de setembro do corrente ano, já foram apoiadas 807 crianças, com a atribuição de um subsídio no valor de até 500 euros cada uma, mediante apresentação de comprovativo de despesas efetuadas no Concelho de Cantanhede.

“Esta medida tem como principal objetivo ajudar a minimizar o esforço financeiro inerente ao nascimento de um filho”, refere a vereadora da Ação Social, Célia Simões, destacando que o “o apoio não deixa de ser um impulso à economia do concelho, uma vez que as despesas devem ser efetuadas em lojas e serviços do concelho de Cantanhede, dinamizando deste modo, a economia local”.

O Incentivo à Natalidade é requerido através de impresso próprio, que deverá ser entregue na Divisão de Ação Social e Saúde da Câmara Municipal de Cantanhede.

É intenção da Câmara Municipal de Cantanhede continuar a apoiar as famílias, designadamente dando continuidade à implementação desta medida. Neste sentido, já se encontram em situação de beneficiar deste apoio mais 32 crianças do Concelho, cujos processos serão submetidos a reunião de Câmara no próximo mês de janeiro.

 

 

Fonte: Município de Cantanhede