A Câmara Municipal da Mealhada foi informada, ontem, de que tinha sido reduzido o horário de atendimento na Unidade de Saúde Familiar (USF) da Pampilhosa e de que a Extensão da Vacariça havia sido temporariamente encerrada devido a baixa médica da funcionária administrativa.

De imediato, o presidente da Câmara Municipal solicitou esclarecimentos à senhora presidente da Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC), que, em resposta, afirmou desconhecer os factos e prometeu dar explicações durante o dia de hoje e envidar todos os esforços para resolver os dois referidos casos.

O presidente da Câmara da Mealhada não deixou de sublinhar, perante a senhora presidente da ARSC, o seu desagrado pela situação anómala, sobretudo nesta altura de pandemia, que exige ainda mais disponibilidade e atenção dos técnicos de saúde.

O Município da Mealhada ofereceu a sua disponibilidade para ajudar a ARSC em tudo o que se mostre necessário.

 

Publicação no Facebook do Município da Mealhada a 13 de outubro de 2020