O Comando Territorial de Bragança, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Mirandela, no dia 26 de setembro, deteve um homem e uma mulher, de 29 e 31 anos, por tráfico de estupefacientes na Autoestrada 1, perto do Porto. Segundo conseguimos apurar, o homem é residente em Mirandela e a mulher na Mealhada.

“No âmbito de uma investigação por tráfico de estupefacientes que decorria desde o final de 2019, os militares da Guarda apuraram que o casal adquiria produto estupefaciente no distrito do Porto e fazia o seu transporte e subsequente revenda na cidade de Mirandela e no concelho da Mealhada, a clientes pré-estabelecidos”, lê-se na nota divulgada pela Guarda Nacional Republicana.

No seguimento das diligências, foram realizadas duas buscas domiciliárias onde foi apreendido o seguinte material: 1 547 doses de haxixe; 34 comprimidos de ecstasy; sete doses de folhas de canábis; óleo de canábis; LSD líquido; LSD em gelatina; sementes de folhas de canábis; 52 790 euros em numerário; uma balança de precisão; vários produtos e equipamentos para preparação e acondicionamento de estupefaciente; dois telemóveis; um computador portátil; e um veículo.

Os detidos foram presentes a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Mirandela, durante o dia de ontem, 28 de setembro.

Esta operação contou com o reforço do Destacamento de Trânsito do Porto, Postos Territoriais de Mirandela e Mealhada, Núcleo de Investigação Criminal de Anadia, Secção de Investigação Criminal de Bragança, Secção Cinotécnica de Bragança e com o apoio da Polícia de Segurança Pública.

 

 

Fonte: GNR