O “Anadia Maior” abriu portas, no passado dia 1 de julho, com a inauguração da sua sede, “Centro Anadia Maior”, na Rua Fausto Sampaio, junto à Capela S. Sebastião, na cidade de Anadia. O projeto está integrado no Contrato Local de Desenvolvimento Social (CLDS) 4G e é coordenado pela Santa Casa da Misericórdia de Anadia (SCMA).

A cerimónia de inauguração contou com a presença do Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Anadia, Carlos Matos. da presidente da Câmara Municipal de Anadia, Maria Teresa Cardoso, da Coordenadora da Rede Social de Anadia, Dora Gomes, do anadiense Albano Jorge, autor de uma exposição de trabalhos manuais em cerâmica, bem como dos elementos da equipa que irá coordenar o projeto.

A presidente da Câmara Municipal de Anadia, Maria Teresa Cardoso, deixou uma palavra de apreço à Santa Casa da Misericórdia de Anadia por ter “abraçado” este projeto. Destacou ainda a “pertinência” da iniciativa, na área do envelhecimento, tendo em conta o número elevado de pessoas no concelho com idade acima dos 65 anos.

A edil dirigiu ainda palavras de conforto, esperança e motivação a toda a equipa desejando-lhe os “maiores êxitos”, considerando que o projeto “tem tudo para correr bem”.

O Provedor da SCMA, Carlos Matos, agradeceu a presença da presidente da Câmara Municipal de Anadia, sublinhando que “este é mais um desafio” que a Instituição decidiu acolher, direcionado a um segmento da população sem uma retaguarda institucional. “Pretendemos com este projeto que as pessoas possam partilhar experiências e socializar”, adiantou.

Um dos espaços do “Centro Anadia Maior” é dedicado às artes plásticas. O projeto prevê um ciclo de 36 exposições, uma por mês. O anadiense Albano Jorge foi o primeiro convidado do “Anadia Maior”, inaugurando este espaço com uma mostra de trabalhos manuais em cerâmica, da sua autoria, a qual pode ser apreciada durante todo o mês de julho.

O “Anadia Maior” tem a duração de três anos, terminando no verão de 2023. O seu objetivo é o de combater a solidão e o isolamento, bem como desenvolver projetos de voluntariado vocacionados para o trabalho com populações envelhecidas e implementar ações socioculturais que promovam o envelhecimento ativo e a autonomia das pessoas idosas.

A atividade é de abrangência concelhia e direcionada aos idosos, maiores de 60 anos, que não recebam qualquer tipo de apoio institucional. Estão previstos cinco eixos de ação: “Espaços Seniores”, distribuídos por cinco localidades: Anadia, Amoreira da Gândara, Avelãs de Cima, Vila Nova de Monsarros e Vilarinho do Bairro; “Ação de Voluntariado Sénior”; “Centro Anadia Maior”; “Histórias com estória”; e “Roteiros Anadienses”.

O orçamento ronda os 340 mil euros, sendo financiado a 100 por cento pelos fundos comunitários. Câmara Municipal de Anadia, Juntas de Freguesia, GNR de Anadia, Bombeiros Voluntários de Anadia, UCC de Anadia e Banco Local de Voluntariado de Anadia são algumas das entidades parceiras.

 

 

Fonte: Município de Anadia