Um grupo de participantes do programa de animação “Tardes Comunitárias” esteve nos Paços do Concelho de Cantanhede a cantar as janeiras para o executivo camarário. A iniciativa partiu dos intervenientes no projeto que a Câmara Municipal tem vindo a promover para motivar a população sénior a desenvolver a sua interação psicossocial em atividades socioculturais, lúdicas e recreativas.

Foi ontem, 8 de janeiro, ao fim da tarde, que cerca de 30 pessoas interpretaram quadras ao ritmo de canções ensaiadas por monitores, no âmbito de uma visita de cortesia que teve como anfitriã a presidente da Câmara Municipal, Helena Teodósio, acompanhada pelo vice-presidente da autarquia, Pedro Cardoso, e pelos vereadores Adérito Machado e Célia Simões, além de funcionários que se deslocaram aos claustros para assistirem à atuação.

Na ocasião, Helena Teodósio agradeceu a visita, sublinhando a importância das “das ‘Tardes Comunitárias’ e da sua dinâmica em benefício das pessoas. A Câmara Municipal continua muito empenhada em proporcionar oportunidades para ocuparem o tempo da melhor forna possível a quem tem disponibilidade para se dedicar a atividades de enriquecimento pessoal a vários níveis”. A líder do executivo camarário cantanhedense salientou ainda que “o projeto é aberto às sugestões de quem nele participa, havendo total abertura para dar enquadramento às ações e novas iniciativas que os participantes queiram propor”, concluindo a retribuir “os votos de um ano cheio de boas realizações, sempre com confiança, em ambiente de paz e harmonia”.

No final da atuação, o grupo das tardes comunitárias confraternizou com o executivo camarário à volta da mesa, num lanche partilhado. As “Tardes Comunitárias” são abertas à participação da população sénior e consiste num programa cultural diversificado e uma oportunidade de encontro e partilha de experiências e outras. Essas ações decorrem todas as quartas-feiras e podem incidir em exercícios de ginástica e outros desportos ou em debates em torno de matérias tão diversificadas como a saúde e segurança, literatura, artes plásticas, turismo e a proteção civil, entre outras, nalguns casos a partir da análise de documentos ou da projeção de filmes. Visitas guiadas, debates literários ou apenas convívio social ativo são outras das áreas abrangidas pelo programa.

Esta foi, recorde-se, a segunda vez que este ano se cantaram as janeiras na Câmara Municipal de Cantanhede, depois de, no passado dia 6 de janeiro, um grupo de mais de 350 alunos do Centro Escolar de Cantanhede terem também cumprido a tradição perante o executivo camarário.

 

 

Fonte: Município de Cantanhede