Decorre de sexta-feira, dia 10, a domingo, 12 de janeiro, a 47.ª Exposição Nacional de Columbofilia, no Centro de Alto Rendimento de Anadia/ Velódromo, em Sangalhos. O evento tem um cariz solidário, revertendo a totalidade do valor de cada entrada (um euro) para os Bombeiros Voluntários de Anadia.

“Os Bombeiros Voluntários são reconhecidos pelo seu trabalho ao serviço das populações, sobretudo nos momentos mais difíceis. Assim, entendemos por bem que este evento deve estar associado a uma pequena recolha de fundos. Será uma forma de a columbofilia dizer mais uma vez que está ao lado daqueles que, ao longo do ano, estão connosco”, afirma Luís Silva, presidente da Associação Columbófila do Distrito de Aveiro que organiza a Exposição, em conjunto com a Federação Portuguesa de Columbofilia e o Município de Anadia.

São mais de três centenas de pombos, de todos os pontos do país, que vão participar neste evento e ser sujeitos a avaliação por parte de juízes nas classes Sport e Standard.

Além da vertente desportiva, em que os pombos-correio e os seus criadores são os grandes protagonistas, a exposição conta com um conjunto de atividades paralelas, das quais se destaca a presença de dezenas de alunos das escolas do concelho de Anadia com trabalhos alusivos ao pombo-correio, uma visita turística ao Museu do Vinho Rota da Bairrada e um colóquio (sábado, dia 10).

“Decidimos que 2020 seria um ano de mudança de paradigma da prática do desporto e não podíamos esquecer a columbofilia pela importância que tem no nosso concelho, na nossa região e acima de tudo por aquilo que hoje representa como desporto no país”, refere Jorge Sampaio, vice-presidente da Câmara Municipal de Anadia.

 

 

Fonte: Federação Portuguesa de Columbofilia