O Comando Territorial de Coimbra da Guarda Nacional Republicana, através do Núcleo de Proteção Ambiental de Cantanhede, detetou, no dia 10 de novembro, duas estações de captura de aves, na localidade de Arazede.

No decorrer de uma fiscalização de caça, os militares detetaram os engenhos, elaborados com elevado grau de sofisticação e preparação, que serviam para atrair aves com o recurso a negaças, isto é, um chamariz, e a emissores de som eletrónicos. Até ao momento, já tinham sido capturados 36 exemplares de pintassilgo (caduelis carduelis) e dois exemplares de lugres (carduelis spinus). Para além dos animais, destaca-se a apreensão de seis gaiolas e quatro leitores de música com altifalante integrado.

As aves foram restituídas à liberdade e os factos remetidos ao Ministério Publico de Montemor-o-Velho.

 

 

Fonte: Comando Territorial de Coimbra da Guarda Nacional Republicana