O Centro de Interpretação Ambiental (CIA) assinalou, ontem, o 4.º aniversário com diversas iniciativas. Nestes quatro anos, mais de 22.500 pessoas visitaram e usufruíram deste espaço em workshops, ações de sensibilização, comemoração de efemérides e diversos outros projetos.

De manhã assinalou-se a importância da água, de tarde fez-se uma caça às beatas. Mantendo a tónica no ambiente, as atividades escolhidas para o dia do 4.º aniversário foram uma degustação de água da torneira, sensibilizando a população para o valor da água através de uma ação degustação de água da torneira, simples ou aromatizada, com a Águas do Centro Litoral (AdCL), enquanto a tarde foi, com o apoio da Associação Bioliving, de uma “caça às beatas”, junto à Escola Profissional Vasconcellos Lebre e Estação de Caminhos de Ferro da Mealhada que rendeu mais de oito mil beatas.

Ao longo destes quatro anos mais de 22.500 pessoas participaram nas mais de 740 atividades dinamizadas pelo CIA. Este espaço, inserido no Parque da Cidade da Mealhada e tirando partido desta área verde, promove atividades de educação ambiental e conservação da natureza com oficinas de reutilização de materiais, sessões de esclarecimento e sensibilização, jogos de educação ambiental, percursos de descoberta da natureza, leitura e dinamização de histórias de cariz ambiental, experiências e desafios de equipas. Todas estas iniciativas são inseridas em espaços temporais específicos, como as tardes de quarta-feira, a Semana da Floresta Autóctone ou as férias escolares, havendo também atividades direcionadas a grupos de escolas e IPSS. Acolhe ainda projetos como o programa Eco-Escolas da Associação Bandeira Azul da Europa e Projeto Rios, da ASPEA – Associação Portuguesa de Educação Ambiental.

Inicialmente muito vocacionado para as crianças, a apetência do público sénior por aquele espaço aumento e levou a que o CIA reforçasse, no último ano, o seu Plano de Atividades com iniciativas dirigidas aos idosos. A disciplina de “Interpretação e Educação Ambiental” para os alunos da Universidade Sénior CADES – Cooperação Artística, Desportiva, Educativa e Social – é exemplo da potencialidade daquela infraestrutura, em termos ambientais, junto da comunidade.

Inaugurado em outubro de 2015, o CIA é um espaço lúdico e educativo, equipado com modernos meios audiovisuais e preparado para realizar as mais diversas atividades pedagógicas, desde oficinas diversas, por exemplo as de criação de armadilhas de vespas, ao visionamento de filmes sobre a fauna e a flora, das exposições a conferências.

 

 

Fonte: Município da Mealhada