O enólogo Gonçalo Moura da Costa, um dos rostos mais conhecidos e que mais tem divulgado e criados vinhos de referência na sub-região Terras de Sicó, no passado fim-de-semana, apresentou dois novos vinhos.

Na sexta e no Castelo de Penela, teve lugar a apresentação do vinho tinto Rabarrabos Reserva 2017 da Fundação ADFP da qual é enólogo residente, um vinho que feito com co-parceria com o enólogo Antero Silvano e que ganhou a única medalha de ouro no Concurso Internacional em Itália – o Mondial des Vins Extrêmes.

No domingo e num evento muito especial em plena vinha, o enólogo apresentou o novo vinho tinto 2018 Tapada de Sabogos de Ramiro Rodrigues. Na apresentação Gonçalo Moura da Costa ainda deu uma mini formação de controlo de maturação de uvas.

De realçar que o enólogo de origem Bairradina (Pampilhosa – Mealhada) e estando no território de Sicó há catorze anos, tem sido o pioneiro na elevação da sub-região trazendo para a mesma inúmeras medalhas de ouro em concurso nacionais e internacionais. Fazendo atualmente vinhos na Beira Interior e nunca esquecendo as suas origens, a Bairrada.

 

Fonte: VINISICÓ – Associação de Vitivinicultores