A Feira Medieval de Anadia decorre este ano, de 30 de maio a 1 de junho, como habitualmente nas Praças do Município e Visconde de Seabra, numa organização da Câmara Municipal de Anadia.

A festa tem início no dia 30, Quinta-feira da Ascensão ou Dia da Espiga, feriado municipal. O centro de Anadia e os arruamentos que para ele convergem, serão o cenário privilegiado para as diversas atividades que preenchem o vasto programa do certame e que levarão os visitantes numa viagem no tempo até ao reinado de D. Dinis, com enfoque na Rainha Santa Isabel e nos Caminhos de Santiago. Arruadas musicais irão marcar, pelas 10 horas de quinta-feira, dia 30, a abertura oficial desta concorrida feira dedicada ao vinho, onde os comeres, os beberes e os artefactos da região aguardam pelos forasteiros nos espaços entregues às juntas de freguesia, Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), mercadores e artesãos.

A animação não vai faltar nesta comemoração do feriado municipal de Anadia e avançará pela noite dentro: cortejos, arruadas, recriações históricas, encenações, danças, trovas e exposições vão garantir um dia bem preenchido.

No dia seguinte, sexta-feira, o mercado reabre pelas 10 horas e o programa festivo regressa durante a tarde, com mais novidades: torneios de armas, uma ceia, e teatro de fogo juntam-se ao programa.

O último dia de feira, sábado, tem atividades planeadas para todo o dia: a par do mercado, dos comes e bebes, da dança e da música, estão previstas dramatizações de acontecimentos dos finais do século XIII e início do século XIV e combates com armas.

Também os visitantes terão oportunidade de trajar “à época”, estando as vestes disponíveis para empréstimo no Centro Cultural de Anadia. Tal como nas anteriores edições da Feira Medieval de Anadia, a Câmara Municipal de Anadia conta, nesta iniciativa, com a importante colaboração das Juntas de Freguesia, IPSS’s e de outras entidades do concelho.

 

Fonte: Município de Anadia