O projeto Escolíadas Júnior está a ser desenvolvido nos agrupamentos de escola Rainha Santa Isabel (Coimbra) e Esgueira (Aveiro) e apresenta um espetáculo de teatro e dança sobre o tema do espaço e das relações humanos. No passado sábado, 30 de março, subiram ao palco os alunos do 1.º Ciclo do Agrupamento de Escolas Rainha Santa Isabel (Coimbra), e no próximo sábado seguinte, 6 de abril, é a vez do Agrupamento de Escolas de Esgueira (Aveiro). Escolíadas Júnior pretende promover a inclusão das Artes na Educação e despertar o interesse das crianças pelas expressões artísticas.

O passado sábado foi um dia diferente para as crianças do Agrupamento de Escolas Rainha Santa Isabel (Coimbra) que subiram ao palco do Centro de Congressos do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) e apresentaram o resultado do trabalho desenvolvido durante os últimos três meses no âmbito do projeto Escolíadas Júnior.

O projeto Escolíadas Júnior é apoiado pela Fundação Altice Portugal e por fundos europeus no âmbito do Programa Operacional Capital Humano (POCH), e promove a inclusão das Artes na Educação, mais precisamente no 1.º Ciclo, através da realização de atividades de expressão dramática com as crianças, ao longo de um trimestre, e culminando na apresentação de espetáculos destinados a toda a comunidade local.

A Associação Escolíadas é a responsável pela dinamização deste projeto nas escolas.

Neste segundo período, o projeto está a ser desenvolvido nos agrupamentos de escola Rainha Santa Isabel (Coimbra) e Esgueira (Aveiro). As atividades decorrem no tempo letivo dedicado à Área de Expressões. Ao longo do processo, as crianças dão os primeiros passos na Expressão Dramática e no Teatro, passando pela experiência do processo criativo até ao produto final: o tema escolhido é preparado e os trabalhos são realizados nas escolas, através de sessões de trabalho com os professores e os alunos, de ensaios e da construção de adereços e cenários. O resultado deste trabalho é apresentado à comunidade num espetáculo final. Ao longo de todo o processo criativo, a Associação Escolíadas e profissionais das mais diversas áreas – como teatro, dança, música, animação socioeducativa – garantem o apoio e preparação das crianças.

 

Espetáculos em Aveiro no dia 6 de abril

Também os alunos do Agrupamento de Escolas de Esgueira têm vindo a ensaiar os seus papéis para subir ao palco no sábado seguinte, dia 6 de abril, no Avenida Café-Concerto (Edifício Avenida) em Aveiro, com os seguintes espetáculos: 10h30 – Escolas da Alumieira e Escola de Esgueira (1.ºA, 3.º A), 12h15 – Escola de Esgueira (1.º B, 2.º A, 2.º B, 3.º B, 4.º A), 14h30 – Escola de Esgueira (1.º C, 2.º C, 3.º C, 4.º B, 4.º C), 16h15 – Escola Quinta do Simão e Escola de Esgueira (1.º D, 2.º D, 3.º D, 4.º D).

O tema do espetáculo, “Era uma vez o Espaço”, tem um enfoque no imaginário infantil e desenvolve as ideias da importância de cuidar de si, do próximo e do mundo à nossa volta, ao mesmo tempo que aborda algumas matérias lecionadas na escola. Numa viagem pelo espaço e a planetas desconhecidos, as personagens da história procuram a resposta aos problemas da Terra e da Humanidade, encontrando exemplos de harmonia e solidariedade.

O projeto Escolíadas Júnior teve a sua primeira edição em 2014, no Agrupamento de Escolas da Mealhada, e tem vindo a crescer de forma sustentada, estendendo-se aos concelhos de Coimbra e de Aveiro. No presente ano letivo 2018-2019, o projeto está presente em quatro agrupamentos de escola.

 

Fonte: Escolíadas – Associação Recreativa Cultural