Nuno Pedro, treinador no Anadia Futebol Clube

A partida entre as equipas de futebol do Loures e Anadia (a contar para a décima oitava jornada da Série C do Campeonato de Portugal), que se realizou na tarde de domingo, dia 20 de janeiro, não terminou da melhor maneira, após o apito final que ditou o empate 1 x 1. Ao que tudo indica Nuno Pedro, técnico do Anadia Futebol Clube, terá sido agredido por André David, treinador do Grupo Sportivo de Loures, tendo este último atirado um quadro, usado para fazer esquemas táticos, ao treinador anadiense.

 

Ontem à noite, na página oficial na rede social Facebook, o Anadia Futebol Clube manifestou-se através de uma publicação que transcrevemos na íntegra:

Hoje depois de um jogo intenso, bem disputado, sempre dentro daquilo que são os limites da lealdade que o desporto confere, assistimos sem nada o fazer prever a uma agressão bárbara por parte do treinador do Grupo Sportivo de Loures, André David, ao nosso treinador Nuno Pedro, partindo um quadro de indicações técnicas contra a face do nosso treinador. Agressão essa que fez com que o mesmo caísse no relvado, tendo sido assistido durante largos minutos e transportado para o hospital em seguida.

Perante tais factos, presenciados por instâncias policiais, equipa de arbitragem e delegado da FPF, bem como por todo o público que se encontrava no estádio, informamos que tudo iremos fazer para que o autor desta gravíssima agressão seja severamente punido, e impedido de continuar a denegrir a imagem deste desporto do qual todos tanto gostamos.

Resta-nos por último ressalvar que nada nos move contra a instituição Grupo Sportivo de Loures pela qual temos o máximo respeito, mas trata-se de defender a imagem e dignidade do nosso Clube, Treinador e todo o grupo de trabalho, bem como de todo o futebol português.

A direção do Anadia Futebol Clube

 

Utilizando a mesma rede social também o Grupo Sportivo de Loures emitiu a seguinte a nota que, de igual modo, transcrevemos:

A Direção do Grupo Sportivo de Loures, lamenta profundamente os factos que ocorreram durante o jogo e após o apito final do árbitro, no jogo disputado no Campo José da Silva Faria em Loures, a contar para a 18 jornada, da série C, do Campeonato de Portugal.

Sendo um jogo de futebol, onde devem imperar os valores da ética desportiva para além de outros, a Direção deste Clube Centenário, lamenta igualmente, que não haja limites durante os 90 minutos, para alguns agentes desportivos, que nefastamente prejudicam o futebol e as entidades (Clubes) que representam, originando incidentes, tais como os que hoje ocorreram após o apito final do árbitro.

A Direção do Grupo Sportivo Loures, quer aqui apresentar os mais respeitosos cumprimentos, à sua congénere do Anadia Futebol Clube, na pessoa do seu Presidente.

 

A Direcção do Grupo Sportivo Loures

 

Imagens com Direitos Reservados