A Concelhia em Anadia do Partido Socialista quer que a Federação de Aveiro do PS se pronuncie sobre as promessas de permuta – dos edifícios das antigas escolas Básica 2,3 e Secundária de Anadia com o terreno onde estas estão atualmente – feitas pelo Governo português à autarquia anadiense, há dez anos.

Recordamos os nossos leitores que, no passado dia 28 de setembro, os deputados municipais de Anadia aprovaram uma moção, apresentada pelo Movimento Independente Anadia Primeiro, contra o não cumprimento das promessas feitas há uma década e que apenas ficaram “acordadas verbalmente”. (Notícia completa em https://www.bairradainformacao.pt/2018/09/30/deputados-municipais-em-anadia-repudiam-nao-cumprimento-do-governo/)

Agora foi a vez da Concelhia do PS de Anadia se pronunciar sobre este assunto, e num comunicado enviado à Federação de Aveiro, “pressiona” os órgãos distritais a tomarem uma posição sobre este assunto. No documento pode ler-se que a Concelhia está “em total discordância pelo não cumprimento das promessas dadas pelo sucessivos governos” e que, por isso, “decidiu dar nota desta posição à Federação de Aveiro, esperando contar com o seu apoio”.

A nota, enviada por António Mendonça, presidente da Concelhia do PS Anadia, apela ainda para que o “desagrado” seja demonstrado “junto das entidades que (se) entenda convenientes, no sentido de se desbloquear este impasse”.

 

Texto de MSL

Fotografia de José Moura