“Bairrada de Portas Abertas ao sábado” foi uma iniciativa que decorreu, nos meses de Julho e Agosto, na região da Bairrada. Esta primeira edição surgiu de um desafio que a Associação Rota da Bairrada fez aos produtores e o balanço não podia ser mais positivo, com os promotores a garantirem que “as visitas guiadas às caves e adegas atraíram turistas, mas também residentes da região”.

A iniciativa, que pretendeu reafirmar a marca Bairrada e a sua atividade enoturística, promoveu as caves e adegas da região da Bairrada, levando os visitantes a conhecer os produtores associados à Rota. Para além disso, os encontros realizaram-se ao sábado, “um dos dias da semana em que uma grande parte dos agentes vitivinícolas está, por norma, encerrado”.

Ao longo de seis semanas, os visitantes da região tiveram a oportunidade de visitar e “conhecer o deslumbrante mundo do vinho” da Adega Campolargo, Caves Arcos do Rei, Caves São Domingos, Adega Rama, Adega de Cantanhede, Prior Lucas, Caves Messias, Casa do Canto, Quinta do Ortigão, Caves São João, Quinta do Encontro e ainda a Aliança Vinhos de Portugal.

“O balanço desta primeira edição é largamente positivo! Com caves e adegas abertas aos sábados registámos um aumento da procura e um interesse pela visita à região: alguns visitantes oriundos da Bairrada e muitos outros de fora; uns que chegaram pela primeira vez à região e outros repetentes na sua visita, mas todos com vontade de (re)descobrir esta região vitícola”, lê-se num comunicado de imprensa da Associação Rota da Bairrada, que acrescenta que a iniciativa “foi aplaudida pelos produtores que aderiram”, mas também pelos visitantes, o que leva a que esteja já “ ser delineada uma segunda edição”.

E Cristina Azevedo, coordenadora da Rota da Bairrada, enfatiza ainda que o projeto promove “de forma integrada a região, que se pretende afirmar como destino de Enoturismo, assumindo lugar de destaque na oferta do Centro de Portugal”.

Importa recordar que a Rota da Bairrada “é uma associação sem fins lucrativos, criada no final do 2006, com o objetivo de organizar, de forma articulada e estruturada, a oferta do território Bairrada, assegurando desta forma que a visita à região seja uma experiência única e repleta de saberes e sabores”.

 

Texto editado por Mónica Sofia Lopes

Imagens com Direitos Reservados