A Câmara da Mealhada aprovou, na última reunião do executivo municipal, a atribuição de mais de 110 mil euros de subsídios para diversas obras de instituições do concelho e apoios para associações e eventos desportivos a realizar no município.

“O executivo liderado por Rui Marqueiro aprovou a atribuição de uma verba de cinquenta mil euros para comparticipar a construção e equipamento de uma camarata feminina no quartel dos Bombeiros Voluntários da Pampilhosa, uma obra considerada essencial para o bom funcionamento da corporação, tendo em conta que o projeto inicial do quartel está desadequado face à nova realidade, visto que mais de metade do efetivo, principalmente no voluntariado, é constituída por elementos femininos”, avança o Município, acrescentando que “o Agrupamento de Escutas 1067 da Pampilhosa também vai ser apoiado com um subsídio de dois mil euros para a conclusão de obras no Campo Escutista da Vera Cruz, um espaço de livre acesso utilizado pela comunidade e por escuteiros, nomeadamente a recuperação de paredes e portas, canalizações e a colocação de telhado”.

Um montante de 12273,87 euros irá para a Filarmónica Lyra Barcoucense para poder realizar obras de reparação na sua sede, em virtude de danos que foram sendo detetados no teto do salão, decorrentes da corrosão proveniente da humidade e do desgaste próprio do material, em particular ao nível das placas de gesso que o compõem.

Ainda no campo dos apoios para realização de obras, foi atribuída uma verba de 3750 euros à Associação Recreativa, Desportiva e Cultural da Lameira de S. Pedro para proceder a obras de substituição do forro e de algumas vigas de suporte do telhado da antiga pré-escola daquela localidade, que estão em mau estado de conservação e em risco de colapso de toda a estrutura, devido a infiltrações de água.

Na mesma reunião de Câmara, foram concedidos “subsídios a associações e eventos de cariz desportivo. Foi aprovado um apoio, no valor de 2500 euros, para a Associação Desportiva e Cultural dos Pescadores da Pampilhosa levar a cabo provas de equipas, em várias lagoas do concelho, de pesca de alto mar e provas de pedestrianismo, inseridas nas comemorações dos seus 20 anos de existência, completados no dia 5 de janeiro deste ano, cujos festejos não se efetuaram em virtude da chegada da pandemia e do impedimento de realizar eventos, uma das suas principais fontes de receita”.

“O Núcleo de Karaté da Pampilhosa, criado há apenas quatro anos, também vai ser contemplado com um montante de 1600 euros para a aquisição de um tatami, um equipamento inexistente nesta associação desportiva, considerado uma mais-valia para os treinos, tanto a nível técnico como físico, uma vez que protege contra lesões”, continua o mesmo documento, que acrescenta que “o executivo de Rui Marqueiro atribuiu ainda um apoio de oito mil euros à Federação de Patinagem de Portugal para fazer face às despesas de organização da Taça de Portugal Seniores Femininos, que terá lugar no Pavilhão Municipal de Ventosa do Bairro, nos dias 10 e 11 de julho, com a participação de quatro equipas que farão três jogos, com transmissão televisiva no canal ‘A Bola TV’”.

No âmbito do apoio às freguesias no quadro da promoção e salvaguarda do interesse da população, consagrado na Lei n.º 75/2013, de 12 de setembro, o executivo municipal deliberou aprovar a atribuição de um subsídio, no valor de 30212,72 euros, à Junta de Freguesia da Vacariça, no seguimento da instalação, nas localidades do Travasso e da Quinta do Valongo, de dois parques infantis, com mesas de piquenique e papeleiras, e de máquinas de manutenção/fitness, no jardim público da Vacariça, no Travasso e na Quinta do Valongo.