A Associação dos Aposentados da Bairrada (AAB) vai apresentar, no dia 26 de junho, às 15 horas, no Cineteatro Messias, o livro “Vivências e deambulações culturais”, distribuído por dois volumes, editado pela Câmara da Mealhada.

«A obra “Vivências e Deambulações Culturais”, além de retratar a historiografia da associação, nos seus vinte anos de existência, relata os principais acontecimentos culturais que levou a cabo e tudo o que de relevante encontrou nos sítios por onde tem passado», avança a Autarquia da Mealhada, em comunicado, acrescentando que «além de incluir algumas das crónicas para aposentados, elaboradas por um dos seus associados, Nuno Salgado, tem também trabalhos culturais em prosa, verso e diálogos teatrais de outros membros, tais como, Carlota Machado, Rosa Branca, Amélia Azinhaga, Mário Saraiva, Branquinho de Carvalho, entre outros».

«É um documento histórico com interesse para os Municípios da Bairrada, onde a Associação está inserida: Mealhada, Anadia, Oliveira do Bairro, Cantanhede, Penacova e Coimbra», afiança Nuno Salgado, associado da Associação de Aposentados da Bairrada, que, nos últimos anos, «só em centenários de eventos com interesse para a região, a associação esteve envolvida em seis: 1.º Centenário do nascimento do grande Mestre, Prof. Doutor António Augusto da Costa Simões; 1.º Centenário do Ministro Emídio Navarro; 1.º centenário da fundação da Santa Casa da Misericórdia de Mealhada; 1.º centenário da fundação do Colégio de Mealhada; 1.º centenário da I Grande Guerra Mundial; e 2.º centenário da Batalha do Bussaco.

Segundo informou Rui Marqueiro, presidente da Câmara da Mealhada, “a autarquia apoiou, até agora, a edição de mais de duas dezenas de livros de escritores do concelho e vai continuar a apoiar sempre os autores locais”. Recorde-se que as mais recentes obras editadas pela autarquia foram “Uma estaca na água”, título da publicação do autor mealhadense António Breda Carvalho, e “Na mira do Bussaco”, da autoria de Nuno Alegre, investigador de Luso.

Constituída a 20 de março de 2001, a AAB é uma associação social, recreativa e cultural, com sede na cidade da Mealhada, que tem como linhas programáticas promover ações de índole recreativa, cultural e de solidariedade que favoreçam o desenvolvimento da qualidade de vida dos seus membros.

Cada volume da obra tem um custo de 15 euros.