“Uma mulher, de 49 anos, morreu afogada num poço de um terreno em Enxofães, freguesia de Murtede, no concelho de Cantanhede, quando, segundo foi possível apurar, tentava socorrer um cão que caiu no seu interior”, avança o Diário de Coimbra, na sua edição impressa desta sexta-feira, dia 11 de junho de 2021, sobre a tragédia que se abateu na referida localidade ao inicio da noite do dia 9 de junho.

A vítima teria estado “a tratar dos animais e das culturas num terreno vedado” que Clarisse Fernandes e o marido possuem em Enxofães. Terá sido o marido a dar pela ausência da esposa.

No Facebook do Centro Social de Murtede, onde a vítima trabalhava, pode ler-se: “Estamos numa tristeza profunda. A nossa colaboradora, amiga, sempre prestável, sempre de sorriso e braços abertos a receber as crianças, sempre alegre, enfim… A nossa Clarisse deixou-nos…..sem se despedir”.