O Município de Anadia associou-se às comemorações dos dias das florestas, da poesia e da água plantando uma oliveira, em todas as freguesias do concelho, visando assim transmitir força aos munícipes e renovar a esperança em dias melhores.

Ao longo da passada semana, foram plantadas 15 oliveiras nas freguesias do concelho, nomeadamente nos lugares de Anadia e Mogofores (UF Arcos e Mogofores), Aguim, Curia e Óis do Bairro (UF Tamengos, Aguim e Óis do Bairro), Chipar de Cima (Vilarinho do Bairro), Amoreira da Gândara, Paredes do Bairro e Ancas (UF Amoreira da Gândara, Paredes do Bairro e Ancas), Boialvo (Avelãs de Cima), Avelãs de Caminho, Moita, Vila Nova de Monsarros, Espairo (São Lourenço do Bairro) e Sangalhos.

Para esta ação, que contou com a presença dos presidentes das juntas de freguesia, foi escolhida a oliveira por ser símbolo de paz e por se tratar de uma espécie resistente e de grande longevidade. Em cada árvore foi ainda colocado um cartaz, contendo poemas da autoria de alguns anadienses, nomeadamente Joana Alferes, Vanda Paz, Belarmina da Silva Martins e Maria do Céu Castelo-Branco.

A presidente da Câmara Municipal de Anadia, Maria Teresa Cardoso, realça o simbolismo desta iniciativa, considerando que “é cada vez mais importante valorizar a vida e relembrar que esta fase difícil, fortemente marcada pela pandemia de Covid-19, há de passar, deixando lições que nos serão muito úteis no futuro”, acrescentando ainda que é fundamental “aproveitar as boas energias que a primavera nos transmite”.

 

 

Fonte: Município de Anadia