A Câmara Municipal de Anadia aprovou, por unanimidade, a Estratégia Local de Habitação com o intuito de responder às carências habitacionais no concelho. A deliberação foi tomada na última reunião de executivo, no passado dia 20 de janeiro.

De acordo com o levantamento efetuado para sinalização das situações de carência habitacional, foram identificados no concelho 83 agregados familiares nesta condição.

O Município de Anadia deverá avançar com a construção de 33 fogos, num investimento que ronda os dois milhões de euros, prevendo-se que obtenha uma comparticipação, através do programa 1º Direito, que andará na ordem dos 55 por cento.

Por outro lado, os proprietários de imóveis sinalizados nas situações de carência habitacional poderão submeter uma candidatura ao programa 1º Direito para acesso ao financiamento das obras de reabilitação ou adaptação, sendo que a comparticipação poderá ir até 100 por cento das despesas elegíveis.

A Estratégia Local de Habitação é um documento que define a estratégia do Município em matéria de habitação e prioriza as soluções habitacionais que pretende ver desenvolvidas, tendo por base diagnóstico global atualizado das carências habitacionais.

O documento segue agora para a Assembleia Municipal de Anadia para votação final.

 

 

Fonte: Município de Anadia