Em dois momentos distintos, primeiro em Lisboa e depois no Porto, as Caves São Domingos, fundadas em 1937, apresentaram o LOPO de FREITAS «BAGA» Bairrada Clássico, da colheita de 2016, um exercício da ambição de criar um dos mais notáveis vinhos nacionais, posicionado num patamar de superior qualidade.

O vinho é o resultado de mais de uma década de experimentação, na qual foram plantadas novas vinhas, escolhidos vários tipos de solos, diferentes porta-enxertos, material clonal, exposições solares e inclinações. Essencial neste processo foi igualmente a intervenção na vinha no sentido de controlar a produção, optimizando-a, e atingir a mais perfeita maturação. Após estes mais de 10 anos de trabalho, em 2016 uma conjugação de factores alinharam-se para criar este vinho que as Caves São Domingos concluíram cumprir os requisitos para, após um longo estágio de 30 meses, 12 deles obrigatoriamente em garrafa, poder ser um vinho de qualidade excelente, ombreando com os mais reputados vinhos nacionais.

As uvas para a elaboração deste vinho são oriundas de uma única vinha situada em São Lourenço do Bairro, à qual se fez uma monda expressiva quatro semanas antes da vindima, seguindo-se um rigoroso e diário controlo da maturação de modo a que a vindima ocorresse no momento ideal e a uva se apresentasse imaculada.

O seu lançamento foi propositadamente anunciado para este mês de Novembro, data em que se cumprem 7 anos do desaparecimento de Lopo de Sousa Freitas, o mentor e líder do crescimento das Caves São Domingos, tendo estado mais de quatro décadas aos comandos da empresa, devendo-se a ele o actual prestígio nacional e internacional das Caves. Cumprindo a ambição de criar um produto de topo, Lopo de Freitas “Bairrada Clássico” será também a mais bela e sublime forma de homenagear o homem que trouxe para a empresa a busca da excelência, aqui alcançada na forma de um vinho que nasce para se tornar um ícone nacional.

Com apresentações em Lisboa e Porto ocorridas, respectivamente, a 18 e 25 de Novembro, em dois reputados restaurantes nacionais onde o vinho brilhou à mesa, entrou imediatamente no circuito comercial das melhores garrafeiras e espaços de restauração nacionais.

Foram produzidas 3.086 garrafas de 0,75 l e 237 garrafas de 1,5 l.

 

 

Fonte: CAVES DO SOLAR DE SÃO DOMINGOS, S.A.