Na Semana da Alimentação, no âmbito do Programa Eco-Escolas, a comunidade escolar da Escola Básica N.º 2 da Mealhada levou a cabo um projeto de produção de sacos individuais, com tecidos reciclados (cedidos por empresas têxteis da Mealhada), para transporte dos lanches dos alunos para a escola, numa altura em que os bares escolares não estão permitidos de funcionar. Para além disso, houve ainda angariação de alimentos, doados pelos encarregados de educação, que serão agora distribuídos, pela Loja Social da Mealhada, às famílias mais carenciadas do concelho.

A ideia partiu das coordenadoras do Programa Eco-Escolas – Maria Virgínia Delgado e Maria José Amorim – e foi prontamente acolhida pelo coordenador da EB2 da Mealhada, Miguel Faria, assim como por toda a comunidade escolar, que, sem mãos a medir, arregaçou as mangas e produziu 435 sacos que, na manhã da passada quinta-feira, foram distribuídos por todas as turmas do 5.º ao 8.º ano.

À causa, que pretendeu criar um objeto pessoal e intransmissível, assim como abolir o plástico do dia-a-dia de cada aluno, juntaram-se as empresas Ferpil – Indústrias Têxteis da Mealhada e a Felular – Comércio de Tecidos e Confeções, Lda., que cederam os tecidos para as mais de quatro centenas de sacos. Os sacos foram confecionados, na grande maioria, no Centro de Atividades de Tempos Livres da EB2 da Mealhada.

Presente na cerimónia de entrega dos sacos aos alunos esteve Lídia Dias, representante municipal do Projeto Eco-Escolas, que explicou que com a pandemia está a utilizar-se cada vez mais o plástico. «O que está a ser feito aqui é reduzir este material. Usem os sacos, que estão lindíssimos, e vão os lavando», aconselhou, garantindo ainda: «A vossa escola está a dar um forte contributo para a preservação do ambiente».

Para além da confeção da quatro centenas de sacos e da angariação de alimentos que serão doados à Loja Social do Município da Mealhada, na Semana da Alimentação, de 12 a 16 de Outubro, a EB2 da Mealhada procedeu ainda à elaboração e exposição de cartazes na cantina sobre alimentação saudável e sustentável, produção biológica de alimentos e tipos de alimentação alternativos no âmbito da disciplina de Ciências Naturais; bem como à aplicação de um Nutriquiz – «És um Pró em Alimentação» -, em parceria com o Departamento de Nutrição da Câmara Municipal; e o visionamento de um vídeo sobre «Desperdício Alimentar», na aula de Ciências Naturais, produzido pela nutricionista Ana Guilherme, da Clínica «Peso Saudável» da Mealhada.

 

Mónica Sofia Lopes